Conheça a Linhaça e seus benefícios

Conheça a Linhaça e seus benefícios Disponível na forma de semente, farinha, óleo e cápsulas, a linhaça vem sendo utilizada para promover a saúde e melhorar a qualidade de vida. Rica em fibras; ácidos graxos, ômegas 3 e 6; vitaminas A, E, B1 e B6; e minerais como potássio, fósforo, magnésio, ferro, cobre, zinco, manganês, selênio e cálcio, o produto proporciona uma série de benefícios. Segundo Thais Souza, nutricionista da Rede Mundo Verde, o alimento é fonte de lignanas, um fitoesteróide que "imita" a ação do estrógeno, contribuindo para o equilíbrio hormonal.
"Essa substância é excelente para as mulheres, pois combate os sintomas da TPM e menopausa, além de prevenir o aparecimento de câncer de mama. Nos homens, ela auxilia no combate dos tumores de próstata. A lignana ainda é uma boa opção para promover a manutenção da saúde óssea do organismo", explica a especialista.
Além disso, por conter ômegas 3 e 6 em sua composição, a linhaça é uma grande aliada para a saúde do coração. Esses ácidos graxos reduzem as taxas de colesterol sanguíneo e a pressão arterial, além de prevenirem trombose e aliviarem os sintomas de artrite. As fibras presentes na semente de linhaça contribuem para o controle da glicemia e, portanto, auxiliam na prevenção de diabetes.
De acordo com a nutricionista, o produto também auxilia no tratamento da depressão e na melhora das funções mentais de idosos. "Estudos demonstram que o ômega 3, presente na linhaça, atua na prevenção do mal de Alzheimer", comenta.
Beleza
A linhaça também é indicada para melhorar o aspecto de peles secas, com manchas, acne, espinhas e eczema. "Quem deseja perder peso, também pode contar com a linhaça para promover uma melhor digestão e ajudar no bom funcionamento do intestino", esclarece a especialista.
Tipos de linhaça
Existem dois tipos de semente de linhaça: marrom e dourada. A primeira já está adaptada ao solo brasileiro e ao clima quente e úmido, tem a casca mais dura e resistente, o que pode diminuir a biodisponibilidade (capacidade de absorção do organismo) de seus nutrientes.
Já a linhaça dourada tem um sabor mais suave e uma casca mais fina. Porém, não há diferença significativa no valor nutricional dos dois tipos de linhaça.
Como consumir
Em geral, a ingestão recomendada é de três colheres de sobremesa ao dia. Independente do tipo de linhaça usada as sementes devem ser trituradas, antes de serem consumidas. "A casca da semente é resistente à ação do suco gástrico e, quando ingerida inteira passa intacta pelo trato gastrointestinal. O ideal é bater as sementes no liquidificador, e consumi-las logo em seguida ou guardar em pote de vidro opaco, na geladeira, por até três dias. Também pode ser adicionada no cozimento final do feijão ou de sopas", ensina Thais.
A farinha pode ser usada em receitas de massas, bolos e pães, ou adicionada a sucos, sopas, vitaminas, saladas e iogurtes. Existem ainda, opções de biscoitos, barras de cereais e granolas que contém linhaça em sua composição.
Fonte: Personare

Foliculite, a raiz do problema e a solução

foliculite-a-raiz-do-problema-e-a-solucao Foliculite é um nome esquisito para um problema bem comum: o pêlo encravado!
Se você, como eu, é uma das pobres mortais que sofrem desse mal, fique calminha e vamos conversar sobre o que fazer para eliminar ou amenizar consideravelmente esse tormento nosso de todo mês… ou todo dia.

Pra começar… Por que acontece? Pêlos encravados

O pêlo encrava porque está fraco e não consegue ultrapassar a barreira superficial da pele. Ou ele sai, mas volta a entrar.
A foliculite ocorre quando as bactérias invadem o local onde o pêlo nasce e aí começa o tormento: pontos pretos, inflamações, dor, coceira e bolinhas vermelhas, com ou sem pus. Em alguns casos mais sérios só um especialista pode tratar.
Homens, mulheres… ninguém tá livre disso. 
Em geral, afligem mais as peles morenas, negras e amarelas, mas isso não impede que qualquer outra pessoa também tenha. Nas mulheres o problema é maior na virilha e pernas e nos homens, na barba. 

E as causas?
Os motivos são variados:
>> a depilação com cera é a que mais leva ao aparecimento dos pêlos encravados já que os pêlos arrancados têm mais dificuldade de voltar à superfície porque a glândula sebácea próxima ao pêlo entope. 
* Dica: Algumas mulheres que estão acostumadas a depilar o corpo com cera se beneficiam da lâmina: como ela fortalece o pêlo, pode ficar mais fácil ele romper a pele. Alterne os métodos depilatórios, entre cera e lâmina, por exemplo.
>> calças apertadas (de tecido sintético e/ou jeans) e calcinhas também agravam o problema na virilha já que deixar o local quente, húmido e machucado é criar um ambiente perfeito para as bactérias. Quando usamos roupas mais grossas, a pele não consegue transpirar da forma correta e aí as bactérias se aproveitam dos pelos encravados.
* Dica: Evite usar roupas justas e de tecidos grossos com frequência, principalmente nos dias mais quentes
>> mais uma para nós, mulheres que sofrem, a menstruação: nesse período aumenta a secreção da glândula ao lado do pêlo e encrava.
* Dica: usar roupas mais largas e arejadas e calcinhas sem elástico.
>> a lâmina usada incorretamente pode piorar o quadro principalmente no caso de virilha e barba.
* Dica: Quem usa lâmina deve sempre manter o aparelho bem limpo (o ideal seria usar os descartáveis). Depois de usar a lâmina lave bem o aparelho com um sabonete antiséptico e mantenha num lugar fechado e seco.  
foliculite queloideana da nuca>> há também os casos de pêlos que encravam quando o corte de cabelo é feito na nuca, principalmente quando o mesmo poro possui dois ou três pêlos.
É a chamada foliculite queloideana da nuca (mais essa agora!).
Normalmente, homens que apresentam este tipo de inflação, também possuem problemas com a barba e vice-versa
>> o excesso de esfoliação e cremes gordurosos ou óleo corporal também podem ser agravantes

E a solução para esse problema chatíssimo?
Além das dicas que falei acima…
>> evite tomar banhos muito quentes e demorados;
- tomar sol ou passar creme hidratante, desodorante ou outros cosméticos na área depilada nas 24 horas seguintes à depilação.
- Após a depilação, acalme o local com loções à base de camomila, azuleno ou calêndula
>> nas axilas, a recomendação é usar desodorante líquido e deixar de lado os roll-on e em creme.
>> Depilar ou barbear de preferência após o banho, quando a pele estiver bem hidratada. Utilizar a lâmina de forma bem suave, não com força e nem no sentido contrário ao crescimento do pêlo e deixá-lo rente à pele. Lavar a área depois do procedimento
>> Não caia na tentação de cutucar, espremer ou arrancar com a pinça os pêlos encravados. Isso só vai ajudar a deixar o local mais inflamado, além de deixar a pele marcada ou manchada
>> Esfoliar sempre! Como uma das causas da foliculite é o excesso de queratinização, manter a pele mais lisinha e livre das células mortas (que dificultam a saída do pêlo à superfície) é fundamental para minimizar o problema.
A esfoliação é uma grande aliada quando o assunto é prevenir os temidos pêlos encravados e deve ser feita semanalmente. Exceto quando a pele estiver irritada e nesse caso é melhor não esfoliar para não agredi-la mais.
Os esfoliantes corporais com grânulos auxiliam na remoção das células mortas, afinando a pele e, assim, facilitam a passagem do pêlo. Mas eles têm de ser usados de forma constante. 
Existem bons produtos que levam algum agente bactericida na fórmula, como o triclosan. Além de esfoliar, eles combatem possíveis inflamações, que poderiam piorar o quadro. 
A esfoliação deve fazer parte do seu dia-a-dia, já que toda vez que o pêlo cresce pode acabar encravando novamente.
Minha dica caseira para esfoliação:
Pedra pomes nas pernas
Durante o banho quente, passe a pedra pomes muito muito suavemente, com movimentos circulares. Não demore muito tempo fazendo isso, só o suficiente para alcançar toda a perna (ou nos pontos onde os pêlos encravam).
Muito cuidado, caso contrário sua pele irá machucar.
>> A depilação a laser é tida entre os especialistas como uma das melhores soluções para evitar os pêlos encravados, mas se esse método é financeiramente impossível pra você saída é manipular cremes com bons princípios ativos como: uréia, ácido salicílico, peróxido de benzoíla ou ácido retinóico.

Importantíssimo: Antes de sair lambuzando seu corpo com cremes disso ou daquilo consulte um dermatologista. Apesar de serem indicados para o problema, só o médico pode saber qual o melhor pra sua pele.
Até a próxima!
Dani

Os métodos anticoncepcionais mais seguros



Em geral, os métodos que utilizam hormônios para impedir a ovulação e por conseqüência a gravidez,  são considerados os mais confiáveis. Exemplos: A pílula anticoncepcional, o anel vaginal e o adesivo transdérmico.
Entretanto, esses métodos têm um ponto fraco: nenhum deles barram as chamadas doenças sexualmente transmissíveis (DSTs), especialmente a Aids. 
Há ainda um grupo de anticoncepcionais bem mais radicais: as cirurgias.
Elas podem interromper o caminho do óvulo ao útero (a ligadura das trompas, no caso da mulher) ou evitar que haja espermatozóides na ejaculação (a vasectomia, para o homem). "São opções definitivas, porque a operação de reversão é difícil e nem sempre bem-sucedida", diz o ginecologista Jorge Villanova Biazús, da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) e do hospital Mãe de Deus, em Porto Alegre (RS).
Opções não faltam
  • DIU diu
O que é: Plástico com cobre em forma de T, inserido no útero através da vagina. Ele dificulta a passagem do espermatozóide e impede que o óvulo fecundado se fixe na parede do útero.
Vantagens: Inibe a menstruação em 80% dos casos. Pode ser uma boa opção para mulheres que sentem enjôos com pílula.
Desvantagens: Não protege contra DSTs e pode sair do útero sem que a pessoa se dê conta. Para algumas mulheres, a colocação incomoda .
  • Métodos "Naturais" tabelinha
O que são: Os mais famosos são o coito interrompido, quando o homem retira o  pênis da vagina antes da ejaculação, e a "tabelinha", que consiste em não fazer sexo durante o período fértil da mulher.
Vantagens: São métodos naturais, sem a presença de hormônios ou barreiras físicas.
Desvantagens: Não protegem contra DSTs e são muito pouco confiáveis. No caso do coito interrompido, o problema é que o líquido que lubrifica o pênis antes da ejaculação já pode conter espermatozóides. Para a tabelinha, depende que a mulher menstrue sempre em um período determinado, mas a margem de erro do período fértil é grande e as falhas são comuns.
  • Anel Vaginal anel
O que é: Um anel colocado no fundo da vagina que lidera hormônios para  impedir a gravidez. A cada mês, o anel é removido por uma semana, permitindo menstruação normal.
Vantagens: Alta eficiência. Os efeitos colaterais e a ocorrência de sangramentos irregulares são pequenos.
Desvantagens: Não protege contra DSTs. Algumas mulheres podem apresentar irritação na vagina, com aumento de secreção.
  • Diafragmadiafragma
O que é: Anel com película de borracha que barra a entrada dos espermatozóides do útero. É inserido na vagina antes da relação e retirada até 12 horas depois.
Vantagens: Não exige pausa na relação sexual para ser colocado. A mulher pode pôr o diafragma horas antes do encontro.
Desvantagens: Não protege contra DSTs. Tem baixa eficiência se não for usado com outro anticoncepcional, como um espermicida (que mata os espermatozóides).
  • Pílula  pilula
O que é: Comprimido que interrompe a ovulação por meio da ação de dois hormônios. As mais comuns são a pílula de uso contínuo, tomada por três semanas a cada mês, e a pílula do dia seguinte, usada até 72 horas após a relação sexual.
Vantagens: Quando bem utilizada, possui eficiência superior a 99%, além de diminuir o sangramento durante a menstruação.
Desvantagens: Não protege contra DSTs. Algumas mulheres têm dores de cabeça e enjôos, especialmente com a pílula do dia seguinte, que contém uma dose mais forte de hormônios.
  • Camisinhas ou Preservativos preservativo
O que são: Capas de lâtex que impedem o contato do espermatozóide com o óvulo.
Vantagens: Se bem utilizados, impedem a gravidez em 95% dos casos, também protegem contra DSTs , como a aids.
Desvantagens: Perdem a eficiência quando aplicadas de forma inadequada. Se a camisinha for colocada no pênis com ar na ponta, ela pode estourar ou rasgar.
  • Adesivo Transdémico adesivo
O que é: Adesivo de 20 cm que libera hormônios para evitar a ovulação. É trocada a cada sete dias por três semanas. Na quarta semana, não se usa o adesivo.
Vantangens: Colocação simples. Outra opção contra os efeitos colaterais da pílula.
Desvantagens: Não protege contra DSTs e não pode ser retirada nem na praia.
  • Implante Subdérmico Implante Subdérmico
O que é: Bastonete inserido sob a pele dp braço, que lidera um hormônio anti-ovulação. Seu efeito dura até cinco anos.
Vantagens: Além da alta eficiência (o risco de gravidez é de apenas 0,05%), interrompe a menstruação, as cólicas e a tensão pré-menstrual (TPM).
Desvantagens: Não protege contra DSTs. Para retirar o implante, é preciso fazer uma pequena cirurgia.

Conheça os inúmeros benefícios de sorrir

beneficios-do-sorrisoVocê tem percebido o quanto as pessoas andam estressadas, irritadas, impacientes… às vezes até descontroladas?
Eu sei que a vida não tá fácil pra ninguém, mas será que viver com tanta energia negativa acumulada é a melhor forma de encarar os obstáculos da vida?
Sorrir para a vida e até para os problemas pode não ajudar a pagar as contas, mas com certeza ajuda a levar a vida sem uma preocupação a mais: Doenças!
Quer ver?
Olha só:

Coração  O riso pode reduzir o risco de doenças cardíacasjust-smile

Colesterol e diabetes Dar boas risadas pode aumentar os níveis de colesterol bom no sangue

Pressão arterial Rir diminui a pressão arterial, enquanto o estressa a aumenta.


Pulmões laughter_gargalhadaQuando damos uma boa gargalhada, a absorção de oxigênio pelos pulmões aumenta. Inalamos mais ar e, com isso, a expiração também fica mais forte. Ou seja, rir limpa os seus pulmões e ainda os deixa mais fortes!


Digestão Os músculos que são mais estimulados quando rimos são os abdominais. Esses movimentos fazem uma espécie de massagem em nosso sistema gastrointestinal, melhorando a digestão.

Circulação do sangue O ritmo cardíaco acelera quando começamos a rir. Os batimentos podem atingir até 120 pulsações por minuto, em comparação com as 70 pulsações por minuto quando estamos em repouso. Isso faz com que nosso organismo funcione a todo vapor!

Estresse e sistema imunológico Laughing-Women-1Durante uma sessão de gargalhadas, os níveis de cortisol e adrenalina - hormônios do estresse - baixam. Além disso, nosso cérebro passa a produzir endorfina, hormônio que nos deixa relaxado.
Isso faz com que o corpo consiga produzir mais células de defesa, que ficam mais ativas, fortalecendo o sistema imunológico e blindando o organismo contra doenças.
As células que ganham vantagem na produção - quando os níveis de estresse abaixam - são os linfócitos B, responsáveis pela produção de anticorpos; os linfócitos T, que são verdadeiros rastreadores de vírus e bactérias; a imunoglobina A, um anticorpo essencial no combate às infecções respiratórias; e as células NK, que são destruidoras de células cancerígenas.

Combate as rugas Ao dar boas risadas, nós movimentamos 12 músculos faciais e, ao dar gargalhadas, movimentamos 24 desses músculos. Quando conversamos e gargalhamos ao mesmo tempo, então, são 84 músculos. Todo esse exercício facial estica a pele, retardando o aparecimento de rugas. 

Exercício físico para os idosos smile-linesDe acordo com uma pesquisa feita pela equipe da Universidade de Loma Linda, uma gargalhada é tão saudável quanto a prática de exercícios físicos. Isso porque ela estimula a circulação, produz endorfina e também movimenta nossos músculos, não só do abdômen, mas das pernas, braços e pés.
Os pesquisadores afirmaram que o riso pode ser a chave para a saúde de idosos que não conseguem praticar atividades físicas.

Autoestima O sorriso melhora o bom humor, eleva a autoestima te deixa mais seguro. A Terapia do Riso nos hospitais é capaz levantar o alto astral do paciente e diminuir o sofrimento da internação, deixando-o mais confiante.
O sorriso traz uma série de sensações agradáveis e ajuda a eliminar sensações negativas, como tristeza e, até mesmo, depressão.

smile-sorrisoSorrir é contagioso! Além de trazer todos esses benefícios a nossa saúde, o sorriso ainda é capaz de nos aproximar das pessoas conhecidas e aumentar as chances de fazer novas amizades. Afinal, ele não deixa de ser uma forma de comunicação.
Sorrir faz parte das relações sociais e compartilhá-lo faz bem a você a ao próximo!".

:(: Você decide
Original: Minha Vida
Bjinhos e até a próxima! o/
Dani