Mostrando postagens com marcador Vídeos. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Vídeos. Mostrar todas as postagens

Conheçam a história de Scatman John

Scatman-JohnOi, pessoal!
Tempos atrás, em busca de vídeos legais de outras épocas, deparei com um super divertido, daqueles que não deixam ninguém parado:
Scatman (Ski-Ba-Bop-Ba-Dop-Bop)
Então fui saber um pouco mais sobre o cantor e deparei com uma história bem legal:
John Paul Larkin, mais conhecido por Scatman John, nasceu na Califórnia, em março de 1942. Ele sofria uma grave gagueira "desde que  começou a falar", o que o levou a uma infância emocionalmente traumática.
Aos 12 anos ele começou a aprender a tocar piano e foi apresentado a arte do scat singing aos 14, através de gravações de Ella Fitzgerald e Louis Armstrong, entre outros.  (Scat é uma técnica de canto criada por Louis Armstrong que consiste em se cantar vocalizando tanto sem palavras, quanto com palavras sem sentido e sílabas  - e.g. "La dum ba dum pa" -, como usado por cantores de jazz que criam o equivalente de um solo instrumental apenas usando a voz. É também o nome de um instrumental vocal) O piano deu a ele um meio de expressão artística para compensar as suas dificuldades na fala: "tocar piano deu-me um meio de falar... eu escondi-me atrás do piano porque tinha medo de falar", em uma entrevista de 1996.
Tornou-se um pianista de jazz profissional nos anos 70 e 80, tocando em clubes de jazz em Los Angeles. Em 1986 ele lançou o álbum auto-intitulado John Larkin. Por volta desta época o alcoolismo e o vício em drogas também estavam começando a tomar conta de sua vida. Quando o seu parceiro musical e amigo Joe Farrell, que também tinha problemas com drogas, morreu em 1986, Larkin decidiu mudar seus hábitos. Ele eventualmente o fez, grandemente com a ajuda de sua nova esposa Judy.
Em 1990 ele mudou-se para Berlim, na Alemanha, a fim de prosseguir com sua carreira. Teve a decisão de adicionar canções a seus atos pela primeira vez, inspirado pela ovação que recebia por sua execução da música "On the Sunny Side of the Street" no final de uma apresentação instrumental. Naquela época, seu agente Manfred Zähringer sugeriu que ele combinasse seu scat singing com a moderna techno music e sons do hip hop.
Larkin foi cético e estava assustado principalmente com que seus ouvintes percebessem o fato dele ser gago; então Judy sugeriu que ele falasse disso diretamente em sua música. Trabalhando com produtores de dance music, ele gravou seu primeiro single, "Scatman (Ski-Ba-Bop-Ba-Dop-Bop)", uma canção que pretendia inspirar crianças que gaguejavam a superar essa adversidade. Ele adotou o novo nome e a personalidade Scatman John.
I-m-Scatman-scatman-john
Em 1995, com 52 anos, ele tornou-se uma estrela mundial. As vendas de seu single de estreia foram fracas de início, mas sua música gradativamente chegava a grandes proporções, alcançando o primeiro lugar em praticamente cada país em que foi lançado e vendeu mais de seis milhões de cópias no mundo todo.
Seguindo o sucesso de seus dois singles, ele lançou seu álbum de estreia, também chamado Scatman's World. O álbum vendeu um milhão de cópias.Scatman-John-Scatman's-WorldO segundo álbum Everybody Jam!, foi lançado em 1996. Embora longe do sucesso a nível internacional como em sua estreia, o álbum e seu single chegaram ao Japão, tendo no país um enorme sucesso, numa escala maior que em qualquer outro lugar do mundo. Ele era tão popular lá que lojas de brinquedos japonesas vendiam bonecos com sua aparência e ele apareceu em cartões telefônicos e latas de Coca-cola.
Em 1999, ele lançou seu terceiro e último álbum como Scatman John, Take Your Time. Logo em seguida revelou que estava lutando contra problemas de saúde desde 1998. Posteriormente ele foi diagnosticado com câncer de pulmão e num breve período de tempo entrou em tratamento intensivo. Apesar disso ele manteve uma atitude e pensamentos positivos, declarando que: "O que Deus quiser, está bom para mim... Eu tive o melhor da vida. Eu provei da beleza."
Em uma entrevista em 1996 ele comentou: "Espero que as crianças, enquanto elas cantarem minhas músicas ou as dançarem, sintam que a vida não é tão má assim. Nem que seja por um único minuto."
Ele morreu em sua casa em Los Angeles em 3 de dezembro de 1999.
Scatman John - Scatman's World
Fonte de pesquisa: Wikipédia

Estão Todos Bem


Sinopse: Frank Goode (Robert De Niro) sempre trabalhou em uma fábrica de cabos telefônicos, dedicando sua vida a sustentar a família. Aposentado e viúvo há oito meses, ele aguarda a vinda dos quatro filhos - David (Austin Lysy), Robert (Sam Rockwell), Rosie (Drew Barrymore) e Amy (Kate Beckinsale) -, espalhados em várias cidades, para um churrasco em família. Entretanto, de última hora eles desmarcam o compromisso. Querendo vê-los, Frank desobedece a recomendação de seu médico e decide visitá-los em suas casas. É quando descobre que há algo de errado em suas vidas.

Gostei muito desse filme!
Durante muitos anos Frank deixou que sua mulher fosse a ponte entre ele e os filhos, então tudo que chegava a ele já vinha filtrado, mas com a morte da esposa ele se viu perdido e tendo que encarar uma realidade que não conhecia.
Estão Todos Bem fala sobre criar expectativas, sobre exigir demais, omitir para não preocupar o outro ou magoar, sobre ser aberto ao diálogo, enxergar os pequenos sinais...

A mensagem é clara e ao longo do filme você se vê refletindo sobre a própria vida e naquele conselho que todos conhecem: não durma sem falar um "eu te amo" para quem você ama. Não de qualquer jeito ou só por falar, mas aquele sincero e de coração aberto. No final, isso é o que vale.

Com certeza é um belo filme! Envolvente, comovente, com pitadas singelas de humor...
Super recomendo!!
Perceberam que nem falei dos atores?
Robert De Niro, Drew Barrymore, Kate Beckinsale e Sam Rockwell...
Será que preciso?

Olha o trailer:


Curiosidades:
* Globo de Ouro - 2010
*Indicado: Melhor Canção Original - "(I Want to) Come Home"
* Refilmagem de Estamos Todos Bem (1990), com Marcello Mastroianni 

Clipe da música (Afinal, é Paul McCartney!)


Sinopse e curiosidades: Adoro Cinema

Um beijo e até a próxima!
Dani

Quem será o pai do Bebê de Bridget Jones?


A Universal Pictures acaba de divulgar o trailer da comédia ‘O Bebê de Bridget Jones‘ (Bridget Jones’ Baby). Você ficou feliz? Eu muito!!!
Faz um bom tempo que falei aqui sobre o terceiro filme de Bridget Jones (Bridget Jones de volta!!! AÊ!!!!!!!!!!!!!!!!!) e agora finalmente apenas um "em breve" nos separa de vermos mais uma vez as peripécias dessa mulher louca e apaixonante!

O que você deve saber: 
* Bridget está com 43 anos, solteira...

Por algum motivo ainda desconhecido, o noivado com Darcy visto ao fim de No Limite da Razão não virou casamento. O que não quer dizer que ele tenha saído da vida dela, pelo contrário. O envolvimento dos dois conseguiu se tornar ainda mais complicado.

* e grávida!
E um dos grandes mistérios do novo filme será justamente a paternidade da criança, que pode tanto ser de Darcy quanto de Qwant (Patrick Dempsey).

* Ela continua a mesma...

Apesar de ter trocado seu diário por um iPad, há aspectos de personalidade que você simplesmente não supera - e quem garante é Renée Zellweger. O lado divertido de Bridget vai continuar presente, mas suas dúvidas serão atualizadas.
"Parte do novo desafio é descobrir onde ela está agora em sua vida. Como atriz, sinto que estou reencontrando uma antiga amiga. Amo esta personagem e adoro que ela conte histórias sobre como é ser mulher em situações muito familiares na vida."
Para Renée, foi uma decisão acertada mostrar esta fase de Bridget.

* Personagens
Hugh Grant teria decidido não retomar o papel de Daniel Cleaver.
Emma Thompson será a médica
O cantor britânico Ed Sheeran fará uma participação especial no filme.

E o trailer:


Para relembrar:
Os dois primeiros livros, ‘O Diário de Bridget Jones’ e ‘Bridget Jones: No Limite da Razão’, foram adaptados para o cinema e respectivamente em 2001 e 2004, com Zellwegger no papel principal.
O primeiro filme foi bem recebido pela crítica e foi um grande sucesso, com mais de U$ 281 milhões arrecadados no mundo todo. A sequência foi massacrada e não faturou tanto nos EUA, mas teve uma bilheteria internacional ainda maior que o antecessor.

O terceiro livro não foi bem recebido pelos fãs de ‘Bridget Jones‘. Na história, Bridget é uma viúva quinquagenária, mãe de dois filhos, que namora um homem 20 anos mais jovem.

A escritora Helen Fielding foi alvo da fúria dos fãs da franquia literária após dar um final polêmico ao romance entre a protagonista e Mark Darcy, conhecido como Mr. Darcy.

Fontes de pesquisa: CinePOP Cinema, MdeMulher

Ah, uma última informação: nos cinemas mundiais em setembro de 2016!

Um beijo e até a próxma!
Dani

Dica de filme - Larry Crowne - O Amor Está de Volta

Larry Crowne - O Amor Está de Volta1Sinopse: Larry Crowne (Tom Hanks) trabalha há anos em uma loja, onde já foi escolhido por nove vezes como o funcionário do mês. Um dia, para sua surpresa, ele é demitido por não ter curso superior. Precisando recomeçar do zero, ele resolve se matricular na faculdade. Um dos cursos que realiza é o de oratório, ministrado por Mercedes Tainot (Julia Roberts), que está desanimada devido ao desinteresse dos alunos por sua matéria. A vida na faculdade faz com que Larry ganhe novos amigos, mude seu estilo de vida e se aproxime, cada vez mais, de Mercedes. Fonte: Adoro Cinema

Ok, vamos lá…
Quando assisti esse filme não sabia nada sobre ele, nunca nem tinha ouvido falar, mas “é com Tom Hanks e Júlia Roberts, então só pode ser bacana, né?”
Bem, você começa a ver e não sabe do que se trata. Comédia? Drama? E passa ainda um bom tempo sem entender nada.
Acostumada com os filmes de Tom Hanks, você espera por um bum! … que não vem. Aguarda por Júlia Roberts – outra ótima referência em matéria de filmes legais - e o marasmo continua pra meu espanto. 
Como assim? Será que a gente passa tanto tempo impressionada com o rosto de Tom Hanks - que mais parece uma caricatura dele mesmo - que perde o fio da meada do filme? TomHanks
Não, não, o filme não tem muito conteúdo mesmo, essa é que a verdade. E sim, Tom Hanks está quase irreconhecível. O que fizeram com ele, gente?!
Larry Crowne - O Amor Está de Volta é uma comédia romântica (afinal é essa a definição?), cheia de clichês, previsível, sem surpresas e bem simplória.
Gostei da professora desanimada da Júlia (só para os íntimos, ok?) e achei o Larry do Tom meio bobo.

Afinal, porque no título desta postagem diz “Dica de filme” ?
Porque apesar de todas essas criticas que falei acho que vale a pena vê-lo! Talvez justamente por elas!
É um bom filme, eu indico.
Só não faça disso um evento, ok? Sabe essas tardes de bobeira? Ou quando a gente quer ver algo sem precisar pensar muito? Pois é, perfeito para ele.
E afinal tem Tom Hanks e Júlia Roberts! 
Quando teremos chance de ver dois atores consagrados fazendo papéis típicos de começo de carreira?

Curiosidades:

>> Nia Vardalos co-escreveu o roteiro do filme com Tom Hanks. Ele conhecia a atriz do filme Casamento Grego (2002), no qual trabalhou como produtor.
>> Larry Crowne - O Amor Está de Volta é o 2º filme dirigido por Tom Hanks. O anterior foi The Wonders - O Sonho Não Acabou (1996).
>> Este é o 2º filme em que Tom Hanks e Julia Roberts atuam juntos. O anterior foi Jogos do Poder (2007).
Veja o trailer:


Fico pensando se exagerei nas críticas…
Você pode me ajudar nisso, por favor?
Se já viu ou quando tiver oportunidade de fazê-lo, vem contar o que achou, está bem?

Bom filme… mesmo!
Até a próxima!
Dani

O Casamento do Meu Melhor Amigo

O-casamento-do-meu-melhor-amigo

A sinopse: Julianne (Julia Roberts) e Michael (Dermot Mulroney) combinaram que, se ambos continuassem solteiros quando completassem 28 anos, se casariam. Quando recebe um telefonema do amigo, às vésperas da fatídica data, anunciando que está prestes a se casar, mas com outra (Cameron Diaz), Julianne se descobre apaixonada por ele e aceita o convite para ser madrinha, mas com segundas intenções.

 

My_Best_Friends_WeddingBem, o que há de novo nesse filme? Até aqui, nada!

Lançado em 1997, ‘O Casamento do Meu Melhor Amigo’ (My Best Friend's Wedding) é um dos meus filmes preferidos, daqueles que a gente decora as falas, as músicas e tudo mais… amo muito!

Uma história curiosa: por causa dele, comecei a fazer uma espécie de videoteca com meus filmes preferidos. Mas eu acabei nunca comprando o dvd dele pois o making of  (que eu amo, tanto quanto assistir ao filme!) é completamente em inglês! Pois é, pasmem, eu não falo inglês! (¬¬ )

 

Sim, e a novidade é…

Que a sequência pode ser uma coisa bem fácil de acontecer! Não é legal??

 

Em entrevista, Dermot Mulroney revelou que tem conversado sobre a possibilidade de retornar, assim como Julia Roberts.

dermot_mulroney1Eu acho que todo mundo quer a sequência. Eu quero! Julia [Roberts] e eu conversamos sobre isso recentemente, e ela pensou que seria uma ideia incrível”, afirmou.

 

O ator sugeriu que a sequência poderia seguir Julianne (Julia Roberts) tentando roubar Michael (Mulroney) de sua esposa Kimmy (Cameron Diaz).

Isso seria uma coisa divertida de ver. Seja o que for, até onde eu sei, ele está em desenvolvimento há 16 anos”, concluiu.

 

E esta nem é a primeira vez que se fala sobre isso. Em 2001, o produtor Jerry Zucker afirmou que planejava uma sequência intitulada ‘O Divórcio do meu Melhor Amigo‘, mas acabou rejeitando.

 

Seja lá qual linha eles seguirão, vou torcer para que não demore muito e aguardar ansiosa, tenho certeza que será um sucesso.

 

Vamos recordar um pouco as cenas legais com músicas? Adoooro!!

 

Abertura linda:

 

Cena do barco:

 

Cena do jantar:

 

Versão linda de The Way You Look Tonight:

Fontes de pesquisa: Cine POP,

Ok?

Bjinhos e até a próxima! 0/

Dani

O tal João de Santo Cristo vem aí!

faroestecaboclo_2É galera, mais um filme bacana que nenhum fã da Legião Urbana pode perder!

Baseado numa das músicas mais legais do Renato Russo, Faroeste Caboclo chega aos cinemas dia 30 de maio! Agendou?

Como na música, o filme vai contar a história de João de Santo Cristo (interpretado por Fabrício Boliveira), que deixa o sertão nordestino, vai para Brasília tentar a sorte e acaba se tornando traficante. Faroeste-Caboclo

A direção é de René Sampaio e no elenco estão ainda Ísis Valverde, no papel de Maria Lucia, namorada do protagonista, e Felipe Abib, como o traficante Jeremias.

Veja o trailer:

Algumas curiosidades:

>> Além deste filme e Somos Tão Jovens tem outro projeto que envolve o nome do líder da banda Legião Urbana: um documentário produzido pelo filho de Russo, Giuliano Manfredini.
>> Marcos Paulo também está no filme e interpreta o pai da personagem de Ísis. É o último trabalho do ator, que faleceu em 11 de novembro de 2012.
>> "Faroeste Caboclo", composta em 1979, virou sucesso a partir de 1987 com o lançamento do disco Que País é Este.
>> É a segunda canção mais extensa da Legião Urbana, atrás de "Metal Contra As Nuvens".
>> O escritor Paulo Lins, autor do livro que gerou o sucesso Cidade de Deus, prestou consultoria para a dupla de roteiristas de Faroeste Caboclo.
>> O filme foi gravado em Brasília e no interior de São Paulo. Na divisa com Goías, foi construída uma cidade cenográfica para reproduzir a Ceilândia dos anos 80.
>> Com cerca de 400 comerciais no currículo, o título marca a estreia do publicitário René Sampaio na direção de um longa. 
>> Também marca a e estreia da atriz Isis Valverde no cinema.

Fonte de pesquisa: Adoro Cinema.
Outros links: faroestecaboclo.com.br

Somos tão Jovens: cinebiografia de Renato Russo

posterSinopse: A família Manfredini se mudou do Rio para Brasília em 1973. Renato (Thiago Mendonça), um dos filhos, sofria de uma doença óssea rara, a epifisiólise, e após uma cirurgia ficou numa de cadeira de rodas. Obrigado a ficar em casa e sendo tratado com morfina, o jovem começou ali a traçar seus planos de se tornar o maior roqueiro do Brasil, fundando, tempos depois, o grupo Aborto Elétrico, virando o Trovador Solitário e mais tarde, criando a lendária Legião Urbana. (fonte: adorocinema)

Legião Urbana foi uma banda que fez parte da vida de muita gente – inclusive da minha, foi a voz de uma geração – da minha geração!
Havia uma identificação com as letras e todos cantavam alto as músicas de Renato Russo, sozinho ou com uma galera, ao som de um violão.
Com certeza, marcou a história de milhares de jovens e cada álbum lançado era como um grito que saia da garganta, falando de momentos e sentimentos que pareciam os nossos.
Como não amar? Como esquecer? Sempre, em algum lugar, haverá alguém cantando ou ouvindo uma música da Legião.

Por isso esse filme é tão esperado e não tem como perder! A estreia está marcada para o dia 3 de maio – anotem! rsrs

Por enquanto, algumas curiosidades:

* A direção é do veterano Antonio Carlos da Fontoura (Gatão de Meia Idade)
* Do mesmo produtor de O Contador de Histórias (2009) e Cazuza - O Tempo Não Pára (2004)
* O título original era Religião Urbana, mas a mãe do cantor afirmou que Renato Russo odiaria a ideia porque não gostava da veneração "meio religiosa" que existia. A sugestão do novo nome, Somos Tão Jovens, foi dela.
* A ideia veio de um trecho da música “Tempo Perdido”, sucesso do álbum "Dois" do grupo Legião Urbana, lançado na década de 80, período áureo do grupo
Thiago-Mendonca-Renato-Russo* O ator Eduardo Moscovis (Cabeça a Prêmio) chegou a ser cogitado para viver Renato Russo;
* Em 2 Filhos de Francisco (2005), Thiago Mendonça viveu o personagem Luciano da dupla Zezé di Camargo & Luciano.
* Foi o próprio Thiago Mendonça quem cantou as músicas de Renato Russo em cena. Para tanto o ator teve aulas de voz e violão antes de assumir o papel.
* Todos os números musicais vistos em cena foram gravados ao vivo nas filmagens.
* A trilha sonora é de Carlos Trilha, parceiro de Renato Russo em dois trabalhos solo: "The Stonewall Celebration Concert" (1994) e "Equilíbrio Distante” (1995). Também contará com músicas inéditas do cantor, a partir de letras encontradas em um caderno e nunca musicadas.
* Nicolau Villa-Lobos, filho do baixista Dado Villa-Lobos, é quem interpreta o próprio pai no filme.nicolau-dadoComo todo mundo entrou em uma mesma sintonia, tiveram momentos surreais. Quando voltei para casa, contei tudo para meu pai, que também se emocionou. Antes de filmar, eu usei ele como laboratório”, descreve o ator.

* A família Mafrendini participou de várias fases da pré-produção.
* Boa parte do filme tem Brasília como locações, mas o primeiro show da Legião Urbana em Pato de Minas, em 1982, também faz parte do roteiro.
* Além do Aborto Elétrico, a formação do Capital Inicial e de outros grupos da época, como Os Paralamas do Sucesso, serão mostradas. O período de Renato como Trovador Solitário, época das criações de "Eduardo e Mônica" e "Faroeste caboclo", também deve aparecer

E o trailer:

Só eu ou mais alguém se arrepiou? 

Lugar Ao Sol - Charlie Brown Jr.

ChoraoQue bom viver, como é bom sonhar
E o que ficou pra trás passou e eu não me importei
Foi até melhor, tive que pensar em algo novo que fizesse sentido

Ainda vejo o mundo com os olhos de criança
Que só quer brincar e não tanta "responsa"
Mas a vida cobra sério e realmente não dá pra fugir

Livre pra poder sorrir, sim
Livre pra poder buscar o meu lugar ao sol

Livre pra poder sorrir, sim
Livre pra poder buscar o meu lugar ao sol

Um dia eu espero te reencontrar numa bem melhor
Cada um tem seu caminho, eu sei foi até melhor
Irmãos do mesmo Cristo, eu quero e não desisto

Caro pai, como é bom o ter por quê se orgulhar
A vida pode passar, não estou sozinho
Eu sei se eu tiver fé eu volto até a sonhar

Livre pra poder sorrir, sim
Livre pra poder buscar o meu lugar ao sol

Livre pra poder sorrir, sim
Livre pra poder buscar o meu lugar ao sol

O amor é assim, é a paz de Deus em sua casa
O amor é assim, é a paz de Deus que nunca acaba...

O amor é assim, é a paz de Deus em sua casa
O amor é assim, é a paz de Deus... que nunca acaba

Nossas vidas, nossos sonhos têm o mesmo valor
Nossas vidas, nossos sonhos têm o mesmo valor

Eu vou com você pra onde você for
Eu descobri que é azul a cor da parede da casa de Deus
E não há mais ninguém como você e eu

Dica de filme: Fresh Guacamole

dica-de-filme-Fresh-GuacamoleIndicado ao Oscar na categoria melhor curta-metragem de animação, Fresh Guacamole pode até não ter levado o prêmio, mas com certeza chama atenção para si já que foi o filme mais curto a ser indicado - tem a duração de apenas 1 minuto e 40 segundos!

Criado pelo animador americano PES (nome adotado por Adam Pesapane), o curta foi feito em stop motion e mostra mãos  fazendo um guacamole usando ingredientes pra lá de inusitados.

Vejam:

 
No site eatPES - Home of the Twisted Films of PES  tem outros vídeos tão legais e criativos quanto o indicado.
Uma amostra:
 
Aproveitando o assunto…

O Oscar de melhor curta-metragem de animação saiu para o filme da Disney “Paperman” - produzido com uma técnica que combina o desenho à mão com o feito no computador
Muito fofo!
Vejam:

Evolução da Moda

Evolução da Moda[8] Para dar um agito em sua inauguração, um shopping center de Londres produziu um viral que mostra, por meio de um casal, a evolução do vestuário ao longo das décadas.
E o que faz o casal? Dança, é claro – e a coreografia também segue a moda de seu tempo.

Legal, né? Pena que é curtinho.

Encontrei lá no GNT.

Até a próxima!

Qual a cena de filme mais triste de todos os tempos?

Qualacenadefilmemaistristedetodosost[1] Depois de anos avaliando mais de 250 filmes, pesquisadores da Universidade da Califórnia, escolheram 78 trechos e colocaram 500 voluntários para assistí-los, observando suas reações.
Foram selecionados 16 trechos de filmes capazes de estimular emoções específicas, como raiva, nojo, tristeza...
O Campeao Segundo essa pesquisa, o filme que mais fez o povo derramar rios de lágrimas foi "O Campeão" - a cena de dois minutos e 51 segundos em que o garotinho T.J. (interpretado pelo ator-mirim Ricky Schroder) chora sobre o corpo do pai morto.
Pegue um lenço e veja a cena:


Agora eu pergunto:
500 pessoas são suficientes como base de uma pesquisa desse tipo?
Só 78 trechos de filmes?
E você, o que acha?
Até a próxima!

O Fabuloso Destino de Amélie Poulain

O Fabuloso Destino de Amèlie Poulain[4] A Sinopse: Amélie vive em Paris, em seu mundinho particular. Trabalha como garçonete em um pequeno café e mora em apartamento alugado onde vive suas fantasias. Porém, sua vida sofre uma transformação radical no dia em que descobre, em seu apartamento, uma antiga caixa cheia de objetos infantis. Empolgada, assume a missão de encontrar seu dono e essa jornada irá conduzi-la a um mundo totalmente novo, excitante, cheio de aventuras e esperança. Uma linda história… como algo a mais.
É um filme poético, sem sombra de dúvida. Um roteiro inteligente, criativo, sensível… um conto de fadas moderno, eu diria. amelie-enfantAlém da história ser fofa, se torna mais atraente ainda pelos detalhes: a fotografia belíssima (uma das coisas que mais gostei), a trilha sonora, as características dos personagens, os desfechos das histórias de cada um… 
A maneira como esta história é contada é tão envolvente que é impossível não se emocionar e entrar na fantasia que envolve todo o filme.
amelie Amélie Poulain, vivida brilhantemente pela atriz Audrey Tautou (O Código Da Vinci, Coco Antes de Chanel… entre outros), é uma garota simples, sozinha, cresceu isolada do mundo (seus pais a privaram do contato com outras crianças por acreditar que a menina possuía uma anormalidade no coração), nunca conheceu o amor, nunca teve uma grande experiência na vida. Mas ela sonha, fantasia, encanta com seu jeito todo especial de ver as situações, as pessoas e valorizar as pequenas coisas do seu dia-a-dia.
Um dos melhores filmes que já assisti.
É lindo!
Recomendo, de olhos fechados! rsrs
Veja o trailer:

Beijo e paz!

Filmes Musicais

Filmes Musicais Já faz um bom tempo que o cinema e a dança andam (ou dançam) juntos. 
Pessoalmente, amoooo filmes musicais.  Assisto várias e várias vezes, não me canso nunca! rsrs
Vários filmes que tem a dança como personagem principal se tornaram clássicos e até hoje ainda são sucessos.
Não posso deixar de falar de alguns dos inúmeros que assisti e gostei muito: Cantando na Chuva, Grease – Nos Tempos da Brilhantina, Os Embalos de Sábado a Noite, O Sol da Meia-Noite, La Bamba, Mary Poppins, Footloose – Ritmo Louco, Dirty Dancing – Ritmo Quente, Flashdance, Vem Dançar Comigo, Amor, Sublime Amor, Mamma Mia, Moulin Rouge - Amor em Vermelho, Show Bar, Ela dança, Eu danço… São tantos!
E ainda tem outros filmes cujas categorias nem são musicais, mas que eternizaram algumas de suas cenas onde os personagens revelam o gingado (ou simplesmente divertem pela falta dele!):
John Travolta e Uma Thurman em Pulp Fiction e Be Cool, Tom Cruise em Negócio Arriscado e Trovão Tropical, Seann William Scott em American Pie 3, Ben Stiller em Quero ficar com Polly, Mathew Broderick em Curtindo a Vida Adoidado, Kevin Kline em Será Que Ele É?, Mark Rufallo e Jennifer Garner em De Repente 30, Dev Patel e Freida Pinto em Quem Quer Ser um Milionário?… entre vários!
Para relembrar alguns destes clássicos, a Media Solutions fez uma compilação de cenas marcantes de dança no cinema -  retiradas de cerca de quarenta filmes diferentes – que vão de Fred Astaire a Michael Jackson.
A música de fundo é Footlosse, de Kenny Loggins.
Veja se consegue descobrir quais são:

Beijo e Paz!

Ritmos da Copa da África

logo_copa_africa_2010

Início da 19ª Copa do Mundo de futebol, na África do Sul, a primeira a ser realizada no continente africano.

Bem, não vou falar sobre o que não entendo muito – pra não dizer praticamente nada’! rsrs - como futebol.  E já que a África, ao que parece, é uma festa só, vou falar de música.


Pra começar, a oficial desta copa, cantada por Shakira:

Depois a que, eu acho, é a cara desta copa:

A música remixada de Wavin’ Flag, do cantor K’Naan, nascido na Somália e naturalizado canadense, foi criada pela Coca-Cola.
(neste vídeo, com David Bisbal)

Ótima copa pra você!

Você conhece Kim Petras?

Kim-Petras Não?
Essa garota alemã de 18 anos (Colônia, 27 de agosto de 1992) já gravou álbum independente e ganha dinheiro como modelo e cantora. 
Estuda Designer de moda e espera ter uma carreira na indústria da moda.
Mas o que surpreende mesmo é a sua história de vida. 

Dá uma olhada no vídeo:

Gostou?
Pois então saiba ela nasceu ele: Tim Petras! 
Ela é a pessoa mais jovem a iniciar o tratamento de mudança de sexo!
Aos 12 foi diagnosticada por médicos e psiquiatras como transexual e começou a tomar hormônios femininos e com 16 anos de idade, Tim se submeteu a cirurgia de mudança de sexo, passando a chamar-se Kim Petras e se tornando a mais jovem transexual do mundo

No Brasil, o tratamento hormonal é liberado aos 18 anos e para a cirurgia, o mínimo é 21 anos.
A solução da Sociedade [Internacional] de Endocrinologia é que a puberdade seja bloqueada até os 16 anos. Aqui, contudo, esse bloqueio não é permitido.

Acho muito legal essa liberdade que ela teve - e que todos deveriam ter - de escolher como viver a própria vida!
É muito fácil julgar, mas ninguém sabe o que se passa na cabeça de alguém que é “descriminado” pela sociedade (pra não dizer pior) por ser do jeito que é.

E você, o que acha?

Vamos falar de Beatles?

beatles-help Mais precisamente sobre a história de uma música deles.
Toda música tem uma, né? Normalmente as pessoas nem dão bola pra essas coisas, mas eu gosto.
Às vezes uma canção que já gostamos torna-se mais especial quando conhecemos o processo de criação.
Música não é só a letra e melodia, mas tudo o que há por trás: como foi feita, por que, em que momento da vida do autor...

Certo, a música em questão é  "You've Got to Hide Your Love Away", da banda inglesa The Beatles.

Escrita por John e creditada a Lennon/McCartney, instrumentalmente, a música segue influência do popular e contemporâneo cantor Bob Dylan. Apesar de ter sido escrita especialmente para o filme Help! (do álbum homônimo), a letra também fala das emoções de Lennon, que estava desenvolvendo sua forma de compor sobre o que sentia: ele era "perseguido" sexualmente pelo empresário da banda, Brian Epstein, homossexual assumido.
A letra é uma espécie de mensagem de Lennon para Brian, para que este perdesse as esperanças. Para enfatizar, Lennon escreve em primeira pessoa, falando por Brian. O título evidencia logo esse fato, já que é uma mensagem de afastamento amoroso: You've Got to Hide Your Love Away - Você tem que esconder seu amor.
A canção conta com instrumentos acústicos e dois flautistas participam da gravação. Pela primeira vez, desde “Love Me Do”, músicos de estúdio são usados em um disco dos Beatles. O arranjo das flautas foi criado pelo maestro John Scott, apesar de não constar nos créditos do disco.
O clipe:

Fonte: Wikipédia e Beatle to the People

Spirit – O Corcel Indomável

Spirit – O Corcel Indomável Sinopse: No final do século XVII em pleno Oeste norte-americano vive Spirit, um cavalo que resiste a ser domado pelo homem. Ele se apaixona por uma égua local, chamada Chuva, e desenvolve uma grande amizade com um jovem índio Lakota chamado Pequeno Rio. Juntos eles acompanham a colonização do local onde vivem, percebendo as mudanças que a chegada da civilização fazem em seu dia-a-dia.

Curiosidades:
Spirit - O Corcel  Indomável é o primeiro filme animado tradicionalmente a incorporar 3D ou elementos animados por computador. Aqui, os personagens principais, incluindo Spirit, são, às vezes, animados por computador, dependendo da necessidade da tomada - o que, nos filmes 2D, cabia apenas aos personagens que serviam de pano de fundo, os extras. Há transições tão imperceptíveis de uma técnica para outra envolvendo um único personagem em uma única cena que ninguém, além de um animador experiente, poderia perceber. Seja em 2D ou 3D, cavalos são conhecidos pela dificuldade de serem desenhados e, principalmente, animados, e é por isso que esse é o primeiro filme de animação a apresentar um cavalo no papel central.

Para aumentar o desafio, os cavalos do filme não falam, como observa o Produtor Jeffrey Katzenberg: "Queríamos quebrar todas as regras, a começar pelo fato de um filme ser contado através dos olhos de um cavalo. Nenhum animal ali fala".

A Diretora Kelly Asbury, veterana há 19 anos na animação e que faz a sua estréia de direção em SPIRIT - O CORCEL INDOMÁVEL, lembra: "Percebemos que no instante em que um cavalo falasse, teríamos uma comédia. Assim, a escolha foi tornar os animais mais naturais e lhes permitir que se expressassem através da animação".
Spirit é uma inspiração real porque ele nunca esquece quem é nem o que é importante para ele. Esse é um dos principais temas da história: não importa o que aconteça na sua vida: se não permitir que isso supere você, só irá torná-lo mais forte.
Esse cavalo nos mostra as mudanças do Velho Oeste com a chegada da estrada de ferro - considerada o ponto final dos dias de liberdade da fronteira.
Uma história com vários temas: amor, coragem, lealdade à família e, principalmente, o da liberdade, que é um direito que todos nós adquirimos ao nascer e pelo qual vale a pena lutar".
O paralelo de "duas pernas" desse cavalo poderoso e que não pode ser domesticado é Pequeno Rio, um jovem índio selvagem pronto para brigar. Daniel Studi, o jovem ator nativo americano, descendente de cherokees, deu informações valiosas sobre os modos e a linguagem de seu personagem, o que propiciou autenticidade ao papel.
O produtor Katzenberg conclui: "De várias formas, esta história é uma alegoria para todos nós, principalmente nos dias de hoje, em que os desafios nos são impostos quando menos esperamos. Porém, acima de tudo, SPIRIT - O CORCEL INDOMÁVEL é pura diversão. O filme tem aventura, humor, suspense, romance… É a clássica jornada de um herói - só que o herói aqui é um cavalo".
Nas versões dubladas de Spirit as músicas do filme são cantadas por Paulo Ricardo, enquanto que na versão original do filme elas são cantadas por Bryan Adams.

Spirit é o 2º longa-metragem de animação dublado pelo ator Matt Damon. O anterior foi Titan (2000).
O orçamento de Spirit foi de US$ 80 milhões.
Recebeu uma indicação ao Oscar, na categoria de Melhor Filme de Animação.
Recebeu uma indicação ao Globo de Ouro, na categoria de Melhor Canção Original ("Here I Am").
Pra mim, o filme é perfeito!!
As músicas, tanto na versão dublada quanto na original, são belíssimas! Isso sem falar na história, né?
RECOMENDO!!!!

Pra não esquecer: Eclipse vem aí, gente!

Pra não esquecer Eclipse vem aí, gente Bem, já disse que não iria mais falar sobre a Saga Crepúsculo aqui no blog, só na minha página no ning (Crépúsculo.ning), mas eu não me contive! rsrs

Primeiro porque, dos três, esse foi o livro que mais gostei (o quarto, Amanhecer, tá se arratando, mas depois falo sobre ele) e depois: o último trailer que saiu de Eclipse tá óótimo!! \o/

Olha só:

Animado (a) pra assistir? rsrs
Beijo e paz pra você!