Mostrando postagens com marcador Receitas. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Receitas. Mostrar todas as postagens

Tapioca - receita rápida e fácil

tapioca No nordeste também é conhecido como beiju, trata-se basicamente da fécula extraída da mandioca. De origem indígena tupi-guarani, é chamada ainda de goma da tapioca, tapioca, goma seca, polvilho ou polvilho doce.
Tenho uma amiga que é louca por tapioca – a Renata. Procurando na internet maneiras de molhar a fécula de mandioca, ela viu que era completamente diferente do jeito que eu faço. Dei um checada em vários sites/blogs e vi que as pessoas perdem muito tempo com algo pode ser feito de uma maneira bem mais prática e rápida.
Porque esperar 12 horas e ainda ter o trabalho de tirar a umidade com uma toalha para então passar na peneira e finalmente fazer a tapioca se você pode molhar a fécula e prepará-la na mesma hora?
Olha só, se você prefere fazer dessa maneira mais demorada, tudo bem, mas eu vou mostrar o jeito que eu faço e talvez você mude de idéia, ok?
A Receita
Ingredientes: 
1/2 kg de polvilho doce
2 copos (americanos) de água.
1 pitada de sal
O passo-a-passo:
Coloque o polvilho doce (ou fécula) em uma bacia e vá acrescentando a água aos poucos. O segredo é misturar bem (com as mãos) para que ela fique úmida por igual. A pitada de sal eu coloco no primeiro copo de água.
Depois disso (pasmem!) é só passar na peneira e fazer sua tapioca.
Fazendo a tapioca:
Coloque a frigideira no fogo alto, espere ela esquentar e baixe o fogo. Com as mãos mesmo, pegue um pouco da tapioca e vá jogando dentro da frigideira. Você pode jogar no meio e ir distribuindo para os lados, por exemplo. Use uma colher para fazer isso ou continue com a mão, mas cuidado pra não se queimar.
O tempo pra virar é importante: se virar logo pode esfarelar tudo e se demorar pode ficar dura demais e até queimar… isso não é legal. Como ela não gruda, você pode perceber quando é a hora com uma colher ou espátula. Virou! Espere menos tempo dessa vez e pode colocar no prato, rechear com o que quiser e saborear.
Os recheios ficam a seu gosto. Fica delicioso com queijo ou com leite condensado e coco. Eu prefiro só com manteiga mesmo.
E outra, coma enquanto estiver quentinho. É mais gostoso. Quando esfria, esfarela e o sabor é outro… ruim!
Dica:
Eu peneiro tudo logo - ela fica leve, com um aspecto de granulado - então guardo num recipiente de plástico tampado na geladeira.
E aí, não acharam bem mais legal dessa forma?
Dúvidas?
PS.: Fico devendo o vídeo e fotos mais legais.
Sem tempo :(

Arroz de forno colorido

Receita Oi, gente!
Hoje quero compartilhar com vocês uma receita que já fizemos aqui em casa e é deliciosa, além de super simples de fazer.
Arroz preparado com presunto, muzarela, ervilha e cenoura feito no forno.
Arroz_de_fornoIngredientes:
1 colher (sopa) de óleo
1 xícara (chá) de arroz lavado e escorrido
1 sachê de MAGGI® Tempero Arroz
2 xícaras (chá) de presunto em cubos pequenos (cerca de 200 g)
2 xícaras (chá) de queijo muzarela ralado (cerca de 200 g)
meia lata de ervilha em conserva escorrida
1 cenoura cozida em cubos pequenos
1 colher (sopa) de salsa picada
2 colheres (sopa) de queijo parmesão ralado
Modo de Preparo
Em uma panela, aqueça o óleo e refogue o arroz até que ele fique brilhante. Junte duas xícaras (chá) de água fervente e o MAGGI Tempero e misture até dissolvê-lo. Cozinhe em fogo baixo, com a panela semitampada, por cerca de 15 minutos ou até a água secar. Desligue o fogo e deixe tampado por cerca de 5 minutos para que o arroz termine o cozimento em seu próprio vapor. Em um recipiente refratário, misture o presunto, o queijo muzarela, a ervilha, a cenoura, a salsa e o arroz cozido. Polvilhe com queijo parmesão ralado e leve ao forno médio (180°C), preaquecido, por cerca de 30 minutos. Sirva.
Dicas: - Se desejar, substitua a ervilha e a cenoura por uma lata de seleta de legumes escorrida (cerca de 300 g).
Sobre a receita
Rendimento: 5 porções
Categoria da Receita: Prato Principal
Tipo de Prato: Cereais e Leguminosas
Tempo de Preparo: 60 min.
Tempo Total de Preparo: 90 min.
Nível de Dificuldade: Fácil
Custo: $ - Baixo
Essa e outras delícias você pode encontrar no site da Nestlè.
Bon Appétit!
Até a próxima!

Os Benefícios da Berinjela

Os Benefícios da Berinjela Confesso que ela nunca foi um dos meus alimentos favoritos, mas hoje percebo que nunca a tinha saboreado de verdade. Sim, me rendi à berinjela! 
O melhor de comer alimentos saudáveis pensando em emagrecer é que você está nutrindo seu corpo antes de tudo. As gordurinhas podem até não desaparecer com a rapidez desejada, mas o bem que você está fazendo ao seu organismo hoje com certeza terá um ótimo resultado… mais cedo do que imagina!
Os Benefícios à Saúde
Levando em consideração a composição nutricional de seu fruto, este pode ser considerado fonte de minerais e vitaminas.
As análises laboratoriais mostram que, em 100g de berinjela crua, se encontram em quantidades consideráveis os seguintes minerais: magnésio, zinco, potássio, cálcio, ferro e fósforo.
As principais vitaminas encontradas são as vitaminas A, B1, B2 e C.

Alguns nutrientes especiais encontrados em sua composição, bem como algumas das suas funções.
1) Magnésio: atua nas reações enzimáticas e faz parte da constituição dos ossos e dentes;
2) Zinco: atua no crescimento e desenvolvimento do sistema imunológico e está diretamente relacionado à reprodução;
3) Potássio: atua na contração muscular, na síntese de glicogênio e no metabolismo protéico e de carboidratos;
4) Cálcio: atua na formação dos ossos e dentes, na transmissão de impulsos nervosos e na contração muscular;
5) Vitamina B1: exerce importante função no metabolismo dos carboidratos e das gorduras;
6) Vitamina B2: atua em diversos processos metabólicos no organismo, bem como na transformação de gorduras, proteínas e carboidratos;
7) Vitamina C: atua como antirradicais livres, facilita a absorção do ferro e da glicose e age na fabricação dos neurotransmissores.
Ela destaca-se ainda por apresentar:
*  uma grande quantidade de água, essencial para manter o corpo hidratado e emagrecendo favorecer as reações químicas nas células corporais;
* uma significativa porcentagem de fibras, que auxilia no bom funcionamento intestinal e formação do bolo fecal;
* além de ser considerada como um alimento que fornece poucas calorias, auxiliando no controle do peso.

* Fibras insolúveis - Presentes principalmente na berinjela crua, "elas demoram mais para serem eliminadas do estômago, o que adia a sensação de fome", esclarece a nutricionista Claudete Nyarady. Resultado: você acaba comendo menos e, assim, ingere menos calorias.
- Fibras solúveis - São o grande segredo da água de berinjela, já que se soltam do alimento enquanto ele fica de molho. "A água, então, torna-se rica nessas fibras solúveis, que no organismo viram uma espécie de gel capaz de absorver gordura e eliminá-la," afirma a nutricionista Daniella Barbosa.
A água de berinjela
Corte meia berinjela em cubos. Então, deixe os pedaços de molho em 250 ml de água durante a noite. As fibras insolúveis se soltarão e tornarão o líquido poderoso!
Logo na manhã seguinte, tome a bebida em jejum. E sem coar! "Para variar a receita, bata meia berinjela com meia laranja e beba o suco durante o dia, à vontade", diz a nutricionista Carla Pedroso.
Farinha de berinjela
Farinha de berinjela Pode até parecer mais um daqueles produtos milagrosos, mas este já foi provado cientificamente que realmente pode dobrar os bons resultados de uma dieta balanceada e de baixas calorias.
De acordo com a coordenadora do Instituto de Nutrição da Universidade Federal do Rio de Janeiro,a nutricionista Glorimar Rosa, a Farinha de berinjela enxuga a barriguinha e ajuda a eliminar as gordurinhas extras.
Fonte de fibras, aumenta a sensação de saciedade e, portanto, é uma boa ‘aliada’ para ajudar a perder peso. Reduz o LDL (colesterol ruim), triglicérides e ácido úrico e combate a constipação intestinal.
Faça a mistura em casa
Preparo
Em uma fôrma, coloque 1 kg de berinjela com casca e cortada em fatias. Em seguida, leve ao forno a uma temperatura de 200º C por cerca de 2h15 ou até o legume ficar crocante e ressecado. Agora, triture a berinjela desidratada no berinjela processador ou no liquidificador até virar pó. O produto deve ficar com aparência parecida com a da farinha de mandioca.
- Rendimento: 100 g.
- Armazenamento: guarde a farinha em um pote bem vedado, em local arejado e longe da luz. Pode ser na geladeira.
- Validade: cerca de um ano.
Melhor uso: duas colheres de sopa ao dia, preferencialmente durante as refeições. Pode ser usada como alternativa à farinha de trigo no preparo de pães e massas, ou ainda, uma colher de sopa acrescentada a 200 ml de sucos, água ou vitaminas.
Compra e armazenamento
Na hora da compra, deve-se dar preferência às que se apresentam firmes, de  cor roxa uniforme e lustrosa. As berinjelas devem ser guardadas em geladeira, dentro de sacos plásticos, assim se conservam em bom estado por 2 semanas.
As pessoas tem o hábito de mergulhá-las em água e sal antes de seu preparo, mas esse procedimento anula o sabor do legume e grande parte de suas propriedades nutritivas.

Receitas com Berinjela

Receitas com Berinjela Oi, gente!
Tempos atrás falei dos benefícios desta fruta: desde a composição nutricional até alguns modos de aproveitá-la na nossa dieta de todos os dias.
Pois bem, hoje quero falar dos pratos deliciosos que podemos fazer com ela. 
Obviamente existe uma variedade imensa de formas de saboreá-la, mas gosto de mostrar as receitas que já fiz ou faço aqui, em casa.
Então, vamos lá:
  • Lasanha de Berinjela 
Ingredientes: Lasanha de Berinjela 2 berinjelas médias
200 gr de queijo mussarela
200 gr de presunto
2 ovos e farinha de rosca (para empanar)
molho de tomate
queijo parmesão ralado
papel alumínio
Modo de fazer: Corte as berinjelas em rodelas finas e empane-as. Logo em seguida frite em óleo quente.
Depois, em uma assadeira de sua preferência, coloque um pouco do molho de tomate, de modo que apenas cubra o fundo.
Então deite as fatias da berinjela empanada sobre esse molho, em seguida coloque uma camada de presunto e outra de mussarela.
Repita o procedimento: molho-berinjela-presunto-mussarela… até acabar as berinjelas e de modo que finalize com a mussarela e o molho. 
Cubra a assadeira com o papel alumínio e leve ao forno pré-aquecido por 30 a 40 minutos.
Passado esse tempo, tire o papel alumínio – cuidado pra não se queimar.
Polvilhe com o queijo ralado e leve ao forno novamente – desta vez sem o papel alumínio – por mais 10 minutos.
Sirva em seguida.
Dicas: - Depois que fritar as berinjelas, deixe-as um pouco sobre uma tolha de papel, para tirar o excesso de óleo;
- O molho de tomate que usamos aqui é o Salsaretti, mas, claro, você pode usar o da sua preferência.
  • Berinjela Recheada 
Ingredientes: 3 Berinjelas Médias Berinjela Recheada
Meia xícara de chá de azeite
1 xícara de chá de Bacon em cubos pequenos
2 xícaras de chá de carne moída
1 cebola picada
3 dentes de alho picados
2 tomates picados sem semente
Sal
3 fatias de pão de forma integral triturados
2 xícaras de chá de queijo mussarela ralado
Salsinha
Cebolinha
Modo de Preparo Corte as berinjelas ao meio, coloque em uma assadeira e regue com azeite. Leve ao forno por 10 minutos a 180 graus. Retire os miolos e reserve.
Frite o bacon, adicione a carne, a cebola, o alho e frite. Junte o tomate, o sal, a pimenta, o pão e o miolo das berinjelas. Distribua o recheio dentro das “canoas” de berinjela e polvilhe com a mussarela, a salsinha e a cebolinha. Leve ao forno por 10 minutos até 180 graus ou até gratinarsushi de berinjela .
Dica: Você pode fazer ‘sushi de berinjela’, cortando fatias da berinjela, com cerca de 3 cm de largura. Tenha cuidado quando for retirar o miolo, deixando o fundo fechado.
Até a próxima!

Moqueca de peixe facil

Oi, gente!
A receitinha de hoje, nós fazemos sempre aqui, em casa. Aliás, como todas as outras que indico aqui. Super simples, sem segredos e muito gostosas! Moqueca de Peixe
Você vai precisar de: 700g de peixe em postas ou filé (ex. Merlusa ou Pescada…)
3 Cebolas 
3 Tomates
3 Pimentões
1 garrafinha de Azeite-de-dendê (100ml)
1 garrafinha de Leite de coco  (200ml)
Como fazer
Tempere o peixe com sal. Reserve.
Corte as cebolas, os tomates e os pimentões em rodelas.
Em uma panela, cubra o fundo com uma camada de cebola, depois uma de tomate, em seguida o pimentão e então uma de peixe. Continue colocando em camadas (cebola-tomate-pimentão-peixe) até acabar.
Então coloque 1/3 do azeite-de-dendê por cima e em seguida a mesma quantidade do leite de coco. Sem mexer.
Cozinhe em fogo baixo por uns 40 min (ou até perceber que está prendendo no fundo da panela).
Depois delicie-se!Moqueca_de_PeixeDicas importantes: 
* Tipo de peixe. Dei os exemplos (Merlusa ou Pescada) pois já fizemos com os dois, mas você pode usar outros tipos de peixe. O ideal é que seja em filé ou postas;
* Os pimentões – você pode usar um de cada cor (vermelho, verde, amarelo), fica um colorido bem legal;
* O azeite-de-dendê e o leite de coco – geralmente compramos as garrafinhas de 100ml e  200ml (respectivamente). Para 700g de peixe, vai 1/3 de cada (ou seja, dá pra usar 3 vezes);
* Não mexa na panela enquanto cozinha. Só quando for ver se já está grudando no fundo, coimo falei antes.
* Você pode colocar camarão. Nessa foto, da última que fizemos, acrescentamos um pouco;
* Pra acompanhar, sugiro arroz branco e salada verde. Nessa foto acima, fizemos milho verde refogado. Pode até não combinar, mas que fica gostoso… ah isso fica!
Dúvidas?
Até a próxima!

Biscoito de maisena caseiro

Oi, gente!
Esse biscoito é muito gostoso, tenho certeza que vocês vão amar!
Antes uma pequena informação: maisena, com s, se refere à farinha de amido de milho e Maizena, com z, se refere ao nome de uma marca registrada que comercializa esse produto.

Sem mais, vamos aos ingredientes:
1 xícara (chá) de farinha de trigo
4 xícaras (chá) de maisena
1 xícara (chá) de açúcar
2 xícara (chá) de margarina sem sal
coco ralado à vontade

Preparando:
Junte todos os ingredientes e misture, amassando bem
Faça bolinhas, coloque-as em uma forma, não é necessário untá-la
Com um garfo aperte as bolinhas deixando-as levemente achatadas. Ou não! Pode usar cortadores e fazê-los divertidos.
Leve ao forno médio por 10 minutos

Simples assim, mas preciso dá umas dicas que talvez faça diferença - nesta e em outras receitas:
* Medidas (peguei aqui)
Farinha de trigo - 1 xícara de chá = 165 gramas ou 13 colheres de sopa
Maisena ou Amido de Milho - 1 xícara de chá = 150 gramas
Açúcar - 1 xícara de chá = 200 gramas ou 14 colheres de sopa
Manteiga ou Gordura Vegetal - 1 xícara de chá = 200 gramas

* Tempo no forno
Acho que já falei, numa outra receita, que meu forno tem os números de 1 a 5, sendo 1 mais forte e 5 mais fraco.
Peguei essa receita no site Tudo Gostoso e lá diz 10 minutos, mas coloquei no médio (3) por 20. Desliguei e deixei no forno ainda por uns 5 minutos.

Pra você saber se já está pronto, basta ver se o fundo do biscoito está com uma cor bege, como na imagem abaixo, de uma outra fornada que fiz rsrsrs

Dúvidas?

Um bjo e até a próxima!
Dani

Origem do Brigadeiro

Origem do Brigadeiro Brigadeiro é um doce brasileiro criado na década de 1940, comum em todo o país e normalmente presente nas festas de aniversário, junto com o cajuzinho  e beijinho.
O nome do doce é uma homenagem ao brigadeiro Eduardo Gomes. Nos anos de 1946 e 1950, o militar candidatou-se à presidência da República pela UDN. Pelo físico avantajado e boa aparência, o candidato conquistou um grupo de fãs do Pacaembu, bairro de São Paulo, que organizaram festas para promover sua candidatura.
O doce foi criado durante a primeira campanha do candidato à presidência, pela conservadora UDN, logo após a queda de Getúlio Vargas. A guloseima feita de leite, ovos, manteiga, açúcar e chocolate tanto agradou que, numa das festas de campanha, sua esposa fez o doce para arrecadar fundos.

Há outras versões bastante similares a essa sobre a origem do nome do doce: Mulheres do Rio de Janeiro, engajadas na candidatura de Eduardo Gomes, faziam "negrinhos" que vendiam para ajudar o fundo de campanha; outros diziam que Heloísa Nabuco, de tradicional família carioca que apoiava o brigadeiro, criou um tipo de doce, ligeiramente diferente da versão atual, e o denominou com a patente do candidato preferido.
Como as festas dos correligionários e cabos eleitorais eram muito disputadas pela população, estes logo começaram a chamar os amigos para irem comer o "docinho do Brigadeiro". Com o tempo o nome de "brigadeiro" acabou sendo dado ao doce (mais tarde feito com leite condensado). Apesar do apoio recebido, a eleição foi vencida pelo então general Eurico Gaspar Dutra.
Receita do Brigadeiro 
Ingredientes 
1 lata de leite condensado
1 colher de sopa de margarina sem sal
7 colheres de sopa de Nescau ou 4 colheres de sopa de chocolate em pó
chocolate granulado para fazer bolinhas 
Modo de Preparo
   1. Coloque em uma panela funda o leite condensado, a margarina e o chocolate em pó
   2. Cozinhe em fogo médio e mexa sem parar com uma colher de pau
   3. Cozinhe até que o brigadeiro comece a desgrudar da panela
   4. Deixe esfriar bem, então unte as mãos com margarina, faça as bolinhas e envolva-as em chocolate granulado
   5. As forminhas você encontra em qualquer supermercado
Hummmmm Tão gostoso! Tão brasileiro! Tão calórico!!
Sabia que comendo unzinho desses, de 30g, você leva de graça 100 calorias? 
Pois é, delicioso, mas um perigo para a dieta. Sim, por que não dá pra comer só um. Você consegue? Eu não! rsrsrs
Beijo, Luz e Paz pra você!

Vai uma torradinha aí?

torrada1Você gosta de torrada? Eu adoro!
Dias atrás fui num supermercado de renome nacional e comprei um pacote de torradas. Pareciam tão apetitosas que logo que cheguei em casa tratei logo de saborear algumas. Imaginem minha surpresa quando, na primeira mordida, senti o gosto de pão velho!!! Santa decepção!
Depois dessa decidi que o melhor mesmo é fazer minhas próprias torradas, com pães fresquinhos ou até dormidos, mas pelo menos faço do jeito que eu gosto. torrada1d
Então, como fazer torradas é a coisa mais fácil do mundo - corte o pão francês em fatias finas, passe manteiga, coloque-as lado a lado numa forma quadrada ou retangular, leve ao forno por uns minutos ou até dourar -, hoje vou mostrar algumas receitinhas básicas de torradas temperadas.
- Com azeite, orégano e/ou queijo ralado - coloque um fio de azeite sobre as fatias (já na forma), salpique orégano ou o queijo ralado
- Com maionese e orégano ou cebola - passe a maionese nas fatias, coloque na forma, salpique o orégano ou cebola ralada
- Com maionese e queijo ralado - misture os dois e passe nas fatias de pão.
O tempo no forno é de 10 a 15 min ou até que fiquem douradas (se preferir); passar as misturas somente de um lado das fatias de pão.
Tudo muito bom, tudo muito gostoso… mas não se empolgue muito, comer torrada engorda mais que pão!
Tabela referente aos valores nutricionais de 100 gramas de Pão Francês e 100 gramas de Pão Francês Torrado:
Pão Francês
Torrada
Calorias:
268,6
406,1
Carboidratos
57,4
73,8
Proteínas
9,3
13,1
Lipídeos
0,2
6,5
Como assim?!
Explico: Quando levado ao forno a água existente no pão evapora, o que faz nossas deliciosas torradas ficarem leves, consequentemente comemos mais. Por isso é preciso ter cuidado, se comermos torrada na mesma proporção do pão, consequentemente engordaremos da mesma maneira.
Você tem alguma receitinha básica pra melhorar o que já é super gostoso? Compartilha com a gente! Smiley piscando
Até mais!
Das
Fonte de pesquisa: Saúde na internet

Delícia do dia: Lasanha de Frango!

IMG298Oi, gente!
Hoje trago uma receitinha que fizemos neste fim de semana. Como sempre fácil de fazer e deliciosa!
lasanha1
Dando uma pausa na dieta…
Sei que receitas de lasanha tem aos montes por aí, mas boa de garfo como sou e apaixonada por massas sei que esta é deliciosamente de primeira! Polegar para cima
IMG300
Vamos aos ingredientes:
>> 1 pacote de massa de lasanha pré-cozida.
>> 350g de mussarella e (mesma quantidade) presunto. Em média 16 fatias de cada.
>> 300g de peito frango pré-temperado, cozido e desfiado.
>> 100g de bacon picadinho
>> 1 sachê de molho de tomate pronto.
>> 1 caixa de creme de leite (200ml)
>> 1 copo de leite (200ml)
>> 50g de queijo parmesão ralado
Mais: forma retangular (a nossa 20x30cm), papel alumínio
Como fazer:
Coloque o frango e o bacon numa panela com um fio de óleo ou azeite. Deixe refogar levemente e então acrescente o molho e mexa até perceber que ferveu. Apague o fogo e coloque o creme de leite.
Na fôrma, comece a preparar a lasanha com o molho, cobrindo o fundo. Depois vá intercalando as camadas: macarrão, presunto, mussarella, molho… e assim por diante. No final de tudo, cubra com o restante do molho.
Cubra a fôrma com o papel alumínio e deixe “descansar” por umas duas horas. Tempo necessário para o macarrão absorver o molho. 
Então leve ao forno (não precisa ser pré-aquecido) por uns 30min.
Depois retire do forno, com cuidado.
Tire o papel alumínio, regue com o leite e acrescente o queijo ralado. Volte ao forno para gratinar, por 15 min mais ou menos.
Observações importantes:
>> Dúvidas sobre o frango: aqui em casa temos o costume de fazer filé do peito. Temperamos e deixamos na geladeira. Neste caso, pegamos a quantidade indicada na receita, demos uma pré-cozida e depois desfiamos.
>> A massa da lasanha: usamos a Petybom 200g. O molho: Salsaretti. Obviamente você pode usar os que quiser.
ingredientes>> Sugestão de acompanhamento: arroz branco, salada e um fio de azeite sobre tudo! hummmmmm Coração vermelho
O legal dessa lasanha é que ela não fica seca ou tostada demais com muitas que vemos por aí.
Aqui o nível é outro! rsrsrsrsrs
Molhadinha, suculenta… deliciosa!!
Bom apetite!!!

Bolo de cenoura com ajuda… a melhor!

Bolo de cenouraOi, gente!
Você, mamãe, imaginava que quando tivesse uma filha vocês iriam fazer um monte de coisas divertidas juntas? Acho que todas pensam assim, né? Bem, pelo menos eu sim.
Então, da série “Coisas que vou fazer quando eu for mãe” aqui vão duas: fazer gostosuras para/por ela e ter a própria durante o processo.
Importante ter sempre em mente que esta assistente-mirim ainda não vai ser de muita ajuda… Na verdade, vai atrapalhar bastante! rsrsrs
Mas você vai ver que prefere que seja assim, com certeza!

Bem, essa receita eu já fiz e não tem segredo, o bolo é realmente delicioso.
Vale lembrar que eu nunca fui muito de cozinhar bolos, biscoitos… Sempre preferi comer! rsrs Mas estou amando procurar receitas gostosas e nutritivas e fazer.  É muito divertido e também prefiro que ela coma essas coisas aqui em casa, feitas por mim.

Vamos aos ingredientes:
3 cenouras médias
3 ovos
1 xicara de óleo
1 pitada de sal
1 xicara de açúcar
2 xicaras de farinha de trigo
1 colher (sopa) de fermento

Preparando:
No liquidificador bata as cenouras (descascadas e cortadas em cubos), o óleo, os ovos e o sal.
Numa tigela coloque o açúcar e a farinha e misture com os ingredientes do liquidificador.  Mexa até formar uma massa uniforme, coloque o fermento e misture até aderir à massa.
Então coloque numa forma untada e polvilhada e leve ao forno médio por menos de 40 minutos. Quando começar a sentir o cheirinho gostoso (você vai sentir! rsrs) corre lá e espete o palito. Se sair limpo, está prontinho!
Espere esfriar, desenforme e saboreie.

A receita em fotos e um pequeno desastre:
bolo-cenoura Bolo de cenoura 5Bolo de cenoura 6 Bolo de cenoura 7Bolo de cenoura 8 Bolo de cenoura 9
Bem, não faço com cobertura de chocolate ainda, mas deixo uma receitinha aqui, caso você queira fazer:
Cobertura:
1 colher (sopa) de manteiga
3 colheres (sopa) de chocolate em pó
1 xícara (chá) de açúcar
Misture todos os ingredientes, leve ao fogo e misture até obter uma consistência cremosa
Despeje a calda por cima do bolo

Encontrei a receita do bolo no site Vida Materna. Fiz algumas modificações, mas lá tem ainda muitas dicas nutricionais sobre ela.

Bjo e até a próxima!!
Dani

Pudim de leite condensado perfeito

Pudim de leite condensado perfeitoEu não conheço ninguém que não goste desse doce maravilhoso, você conhece?
É uma receita muito simples, de custo baixo, deliciosa e todo mundo sabe fazer, até aí já está tudo ótimo.
No entanto, tem um detalhe que muita gente apanha pra consegui: Textura e consistência perfeitas
Você não fica danada quando vai desenformar seu pudim e ele fica todo molengo e/ou cheio de furinhos? 
Nossa, é horrível e só não jogo fora porque é leite condensado! rsrsrs
Eu já coloquei muitos a perder até descobrir o caminho das pedras, este que passarei pra vocês agora.
  • Ingredientes:
>> Calda  1 xícara de açúcar (200g)
>> Pudim 1 lata de leite condensado
1 copo de leite (a mesma medida da lata)
3 ovos
25g de queijo parmesão ralado
25g de coco ralado sem açúcar
  • Como fazer: forma
>> Calda - Coloque o açúcar na forma, leve ao fogo baixo e vai mexendo até dissolver os torrões de açúcar e a calda engrossar. Quando isso acontecer, espalhe a calda na lateral da forma. Reserve.
>> Pudim - Coloque tudo no liquidificador e bata. Despeje na forma e leve ao forno médio (180°C) pré-aquecido, em banho-maria, por cerca de 1 hora e 30 minutos. Depois espere esfriar a coloque na geladeira. Algumas horas depois você já pode desenformar e servir.
  • Dicas
- Açúcar - eu prefiro fazer a calda na própria forma, economiza tempo e diminui a sujeira, mas fica a seu critério. Cuidado pra não queimar o açúcar e a mão;
- Leite - eu uso em pó dissolvido com água e passo na peneira, quando fica bolinhas;
- Ovos - eu tiro a pele das gemas;
- Queijo e o coco - são opcionais, só acho que fica bem mais gostoso. A quantidade também, mas essa (25g) não fica enjoativo e você só percebe que tem algo diferente no sabor do pudim;
- Liquidificador – só deixo o tempo necessário para os ingredientes se misturarem;
- Forma - a minha é exatamente como a da foto. O nº é 20;
Acho que não esqueci nada.
Quando for fazer, não esquece de vir me contar como ficou, tá?
Até a próxima!

Descobrindo a couve-flor

Descobrindo a couve-flor Muitas pessoas não apreciam, mas prefiro acreditar que isso acontece por não saberem prepará-la. Ela é muito saborosa quando bem feita. Delicada e tenra,  a couve-flor é uma hortaliça do tipo inflorescência (conjunto de flores) que pertence à família Brassicaceae assim como o repolho, o brócoli, a couve comum.
É importante do ponto de vista nutricional por ser rica em potássio, cálcio, enxofre, sódio, fósforo, magnésio, silício, cloro e ferro e vitaminas A, B1, B2, B5 e C.
Além disso, é livre de gorduras e colesterol, tem teores bem baixos de sódio e calorias e é um alimento de fácil digestão. Ideal pra quem se preocupa com o peso, como eu.
Seu consumo é indicado para pessoas de todas as idades. 
Recomendada nos casos de desnutrição, debilidade geral e convalescença. Neutralizante da acidez estomacal, é indicada também contra a prisão de ventre. Suas folhas verdes são muito eficazes no combate às anemias.
Comprando
couve-flor Escolha cabeças compactas, de cor branca ou creme, sem manchas escuras. Se envolvida pelas folhas, estas devem estar verdes e sem sinais de murcha. Quando passada do ponto, a cabeça fica dividida, murcha e com pontos escuros.
É uma das hortaliças mais sensíveis ao manuseio por isso escolha as cabeças com cuidado. As partes danificadas escurecem e apodrecem mais rapidamente. Compre a couve flor por último, evitando assim que ela seja amassada por outros produtos no fundo do carrinho.
A couve flor fresca também pode ser encontrada na forma minimamente processada, já limpa, picada e embalada. Quando nesta forma, deve obrigatoriamente estar em gôndola refrigerada, para adequada conservação. Evite comprar este tipo de produto quando ele estiver com pontos escuros e com líquido no fundo da embalagem.
Por estragar-se rapidamente, compre somente a quantidade necessária ao consumo para utilização imediata, pode ser conservada na geladeira por 3 a 5 dias sem grande perda de qualidade, dentro de saco de plástico perfurado.
Consumindo
O preparo básico consiste na remoção das folhas e das partes muito grossas e duras do caule, seguida pelo cozimento da couve-flor picada ou inteira.
Eu prefiro cozinhá-la cortando em pequenas arvorezinhas.
Geralmente preparo apenas cozida e consumida como uma salada. Neste caso ela deve estar ao dente, fica muito gostosa.
Receita
Couve-Flor Gratinada Couve-Flor Gratinada
Ingredientes:   
1 couve-flor grande (500 g)
1 colher de chá de sal
4 colheres de sopa de manteiga
4 colheres de sopa de farinha de trigo
1 tablete de caldo de legumes
4 xícaras de chá de leite
2 colheres de sopa de queijo parmesão ralado

Modo de Preparo Separe a couve-flor em galhinhos, lave bem e cozinhe em água fervente com sal, por uns 10 minutos ou até que fique macia
Escorra e coloque num refratário
Reserve
Em uma panela, derreta a manteiga, junte a farinha de trigo e mexa rapidamente para não empelotar
Acrescente o tablete de legumes e aos poucos, o leite sem parar de mexer
Espalhe sobre a couve-flor e polvilhe o queijo ralado
Leve ao forno quente (200 graus) por cerca de 15 minutos para gratinar
Essa receita encontrei no site: tudogostoso
Espero que tenham gostado.
Até  a próxima!

Da Paraíba: Bolo Baeta

da-paraiba-bolo-baetaOi gente!
Devo confessar que essa receita de hoje é meio “nostálgica” pra mim.
Anos atrás passei uma boa temporada de  quase um ano em João Pessoa (PB) e amei tudo: o lugar, as pessoas e as comidas! Hummmm

Só não posso falar muito bem dos quilos que ganhei (e que não foram poucos) com tantos pratos deliciosos que saboreei por lá.

Portanto, esta receita é pra quem quer dar uma escapada da dieta em grande estilo. Até porque, garanto que você não vai se satisfazer com apenas uma fatia desse bolo, tão delicioso que é!

Procurei a receita pra fazer pro maridão e resolvi compartilhar com vocês.

 

Você vai precisar de...

4 ovos
2 1/2 xícaras chá de açúcar refinado
2 colheres sopa de manteiga
50 g de queijo ralado
700 ml de leite
2 xícaras chá de farinha de trigo


E pra fazer ...
Bata no liquidificador os ovos, o açúcar refinado, a manteiga e o queijo ralado
Coloque alternadamente o leite e a farinha de trigo e bata novamente
Coloque para assar em forma untada e polvilhada, em forno na temperatura de 200°C por aproximadamente 45 minutos
Espere esfriar para desenformar e sirva
Este bolo fica com a consistência cremosa, parecido com um pudim firme

 

Fonte: Tudo Gostoso