Mostrando postagens com marcador Músicas. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Músicas. Mostrar todas as postagens

Conheçam a história de Scatman John

Scatman-JohnOi, pessoal!
Tempos atrás, em busca de vídeos legais de outras épocas, deparei com um super divertido, daqueles que não deixam ninguém parado:
Scatman (Ski-Ba-Bop-Ba-Dop-Bop)
Então fui saber um pouco mais sobre o cantor e deparei com uma história bem legal:
John Paul Larkin, mais conhecido por Scatman John, nasceu na Califórnia, em março de 1942. Ele sofria uma grave gagueira "desde que  começou a falar", o que o levou a uma infância emocionalmente traumática.
Aos 12 anos ele começou a aprender a tocar piano e foi apresentado a arte do scat singing aos 14, através de gravações de Ella Fitzgerald e Louis Armstrong, entre outros.  (Scat é uma técnica de canto criada por Louis Armstrong que consiste em se cantar vocalizando tanto sem palavras, quanto com palavras sem sentido e sílabas  - e.g. "La dum ba dum pa" -, como usado por cantores de jazz que criam o equivalente de um solo instrumental apenas usando a voz. É também o nome de um instrumental vocal) O piano deu a ele um meio de expressão artística para compensar as suas dificuldades na fala: "tocar piano deu-me um meio de falar... eu escondi-me atrás do piano porque tinha medo de falar", em uma entrevista de 1996.
Tornou-se um pianista de jazz profissional nos anos 70 e 80, tocando em clubes de jazz em Los Angeles. Em 1986 ele lançou o álbum auto-intitulado John Larkin. Por volta desta época o alcoolismo e o vício em drogas também estavam começando a tomar conta de sua vida. Quando o seu parceiro musical e amigo Joe Farrell, que também tinha problemas com drogas, morreu em 1986, Larkin decidiu mudar seus hábitos. Ele eventualmente o fez, grandemente com a ajuda de sua nova esposa Judy.
Em 1990 ele mudou-se para Berlim, na Alemanha, a fim de prosseguir com sua carreira. Teve a decisão de adicionar canções a seus atos pela primeira vez, inspirado pela ovação que recebia por sua execução da música "On the Sunny Side of the Street" no final de uma apresentação instrumental. Naquela época, seu agente Manfred Zähringer sugeriu que ele combinasse seu scat singing com a moderna techno music e sons do hip hop.
Larkin foi cético e estava assustado principalmente com que seus ouvintes percebessem o fato dele ser gago; então Judy sugeriu que ele falasse disso diretamente em sua música. Trabalhando com produtores de dance music, ele gravou seu primeiro single, "Scatman (Ski-Ba-Bop-Ba-Dop-Bop)", uma canção que pretendia inspirar crianças que gaguejavam a superar essa adversidade. Ele adotou o novo nome e a personalidade Scatman John.
I-m-Scatman-scatman-john
Em 1995, com 52 anos, ele tornou-se uma estrela mundial. As vendas de seu single de estreia foram fracas de início, mas sua música gradativamente chegava a grandes proporções, alcançando o primeiro lugar em praticamente cada país em que foi lançado e vendeu mais de seis milhões de cópias no mundo todo.
Seguindo o sucesso de seus dois singles, ele lançou seu álbum de estreia, também chamado Scatman's World. O álbum vendeu um milhão de cópias.Scatman-John-Scatman's-WorldO segundo álbum Everybody Jam!, foi lançado em 1996. Embora longe do sucesso a nível internacional como em sua estreia, o álbum e seu single chegaram ao Japão, tendo no país um enorme sucesso, numa escala maior que em qualquer outro lugar do mundo. Ele era tão popular lá que lojas de brinquedos japonesas vendiam bonecos com sua aparência e ele apareceu em cartões telefônicos e latas de Coca-cola.
Em 1999, ele lançou seu terceiro e último álbum como Scatman John, Take Your Time. Logo em seguida revelou que estava lutando contra problemas de saúde desde 1998. Posteriormente ele foi diagnosticado com câncer de pulmão e num breve período de tempo entrou em tratamento intensivo. Apesar disso ele manteve uma atitude e pensamentos positivos, declarando que: "O que Deus quiser, está bom para mim... Eu tive o melhor da vida. Eu provei da beleza."
Em uma entrevista em 1996 ele comentou: "Espero que as crianças, enquanto elas cantarem minhas músicas ou as dançarem, sintam que a vida não é tão má assim. Nem que seja por um único minuto."
Ele morreu em sua casa em Los Angeles em 3 de dezembro de 1999.
Scatman John - Scatman's World
Fonte de pesquisa: Wikipédia

A música da minha vida

music_girl Quando pensei em escrever este post tinha em mente que se alguém me perguntasse qual a música que eu gostaria que todos lembrassem de mim, ao ouví-la, seria Brincar de Viver, da Maria Bethânia, que eu amoooo desde… sempre! 

Ela é linda!
Quando a ouço penso em aconchego, suavidade, emoção…
Que as pessoas devem buscar sonhos, persistir neles, dar asas à imaginação, ir em frente na vida, olhar para dentro de si e encontrar respostas, olhar para frente e enfrentar os problemas…
Ela é perfeita! Com certeza, é uma bela canção pra ser a música da vida de alguém
Só que percebi que é injusto falar somente dela, diante de tantas outras que fizeram ou fazem parte da minha vida.
Todo mundo tem uma (às vezes até mais de uma) música que marcou uma fase ou acontecimento: viagens com a família ou com os amigos, encontros e reencontros, momentos a dois, com os amigos ou em família…
Aquela festa que foi com uma galera bacana, onde você dançou muito, beijou muito e bebeu horrores. Lembra da canção que voltaram cantando, no carro? Bem, talvez depois que a ressaca acabar… o.O
E os namorados? Ah, namorados tem sempre uma música, né? Aquela que os dois escolhem para ser “a nossa música”. Toda vez que ouve, você viaja e fica lá, nas nuvens. Mas aí o namoro acaba! E você não quer mais ouvir nem falar do cantor! Mas por um tempo, ela foi importante pra você. Por um tempo ela foi, sim, a música da sua vida… ou da vida do namoro.

Músicas lembram pessoas. 
Capital Inicial, Engenheiros, O Rappa… impossível eu ouvir e não lembrar dos meus irmãos.
As músicas que minha mãe gosta e as que minha avó gostava sempre me emocionam.
Assim como meu pai está sempre perto de mim, apesar da distância, quando ouço as músicas do Roberto Carlos. E choro, viu. Rios de lágrimas. :*******
Mas Roberto Carlos é covardia, né? Quem não tem alguém pra lembrar quando ouve uma canção dele?
Legião Urbana lembra a escola. Quando nos reuníamos, minha irmã e eu, com os colegas pra cantar em alto e bom som.
Renato Russo é outro que fez uma geração inteira cantar e se inspirar com suas letras.
E tem a que lembra do meu amor… Mas essa eu peço licença pra deixar o conhecimento apenas para nós dois, pode ser? ;)

Música é assim: tem cheiro, gosto e memória…

E você, qual a música da sua vida?

Até a próxima!

Vamos falar de Beatles?

beatles-help Mais precisamente sobre a história de uma música deles.
Toda música tem uma, né? Normalmente as pessoas nem dão bola pra essas coisas, mas eu gosto.
Às vezes uma canção que já gostamos torna-se mais especial quando conhecemos o processo de criação.
Música não é só a letra e melodia, mas tudo o que há por trás: como foi feita, por que, em que momento da vida do autor...

Certo, a música em questão é  "You've Got to Hide Your Love Away", da banda inglesa The Beatles.

Escrita por John e creditada a Lennon/McCartney, instrumentalmente, a música segue influência do popular e contemporâneo cantor Bob Dylan. Apesar de ter sido escrita especialmente para o filme Help! (do álbum homônimo), a letra também fala das emoções de Lennon, que estava desenvolvendo sua forma de compor sobre o que sentia: ele era "perseguido" sexualmente pelo empresário da banda, Brian Epstein, homossexual assumido.
A letra é uma espécie de mensagem de Lennon para Brian, para que este perdesse as esperanças. Para enfatizar, Lennon escreve em primeira pessoa, falando por Brian. O título evidencia logo esse fato, já que é uma mensagem de afastamento amoroso: You've Got to Hide Your Love Away - Você tem que esconder seu amor.
A canção conta com instrumentos acústicos e dois flautistas participam da gravação. Pela primeira vez, desde “Love Me Do”, músicos de estúdio são usados em um disco dos Beatles. O arranjo das flautas foi criado pelo maestro John Scott, apesar de não constar nos créditos do disco.
O clipe:

Fonte: Wikipédia e Beatle to the People

Não Há Montanha Alta o Suficiente

montanha[2]  
Agora, se você precisar de mim, me chame
Não importa aonde você esteja
Não importa a distância (não se preocupe, amor)
Apenas chame meu nome
Eu estarei lá num segundo
Você não precisa se preocupar 

Porque, querido...
Não há montanha alta o suficiente
Não há vale baixo o suficiente
Não há rio extenso o suficiente
Que me impeça de chegar até você, amor

Lembra do dia
Que eu te libertei
Te disse que você poderia contar comigo, querido
E desde então
Eu fiz uma promessa
Eu estarei lá quando você quiser
De qualquer forma, qualquer jeito

Porque, querido...
Não há montanha alta o suficiente
Não há vale baixo o suficiente
Não há rio extenso o suficiente
Que me impeça de chegar até você, amor

Nenhum vento (nenhum vento)
Nenhuma chuva (nenhuma chuva)
Ou inverno rigoroso
Poderá me parar
Oh querido
Porque você é meu objetivo
Se você estiver com problemas
Eu estarei lá mais rápido ainda
Apenas mande me buscar

Meu amor está vivo
No fundo do meu coração
Mesmo se estivermos milhas de distância
Quando você precisar de uma ajudinha
Eu estarei lá o mais rápido possível
O mais rápido que eu puder
Você não sabe que...

Não há montanha alta o suficiente
Não há vale baixo o suficiente
Não há rio extenso o suficiente
Que me impeça de chegar até você, amor 
 
Não há montanha alta o suficiente
Não há vale baixo o suficiente
Não há rio extenso o suficiente
Que me afaste de você 
  
Não há montanha alta o suficiente...
Não há vale baixo o suficiente...
Tradução de Ain't no mountain high Enough de Marvin Gaye & Tammi Terrell
Está também no filme Lado a Lado, filme que adoro. RECOMENDO!

Negro Rei – Cidade Negra

Negro Rei – Cidade Negra Hoje, à tarde, estava no pc e resolvi ligar a tv.
Estava passando a reprise da novela Sinhá Moça e assisti o fim de uma cena.
Nela um negro estava indo embora, chorando. Ele tinha outro dono agora.
Então pensei o quanto nossa sociedade já foi nojenta: Humilhar um outro ser humano só por ter uma cor diferente da sua, acorrentar como bicho, vender como um saco de farinha, chicotear…!
Ninguém tem direito de tirar à liberdade de outra pessoa!
Sabe o que é pior? Essas coisas ainda acontecem!
Algumas delas mudaram de nome, mas tá tudo aí! Uma hora ou outra, você ver nas reportagens ou até na casa do vizinho.
E a coisa toda não se restringe só à cor da pele, mas ao ser inofensivo - aquele pequeno ou fraco demais pra se defender –, ao outro com menos condição… Ou, simplesmente, porque o outro é diferente, no fim das contas!
Até quando vamos ver barbaridades pra que comece a mudar?
Sei que existe uma minoria que já faz a diferença e isso não é de hoje, mas, infelizmente, as notícias ruins tem mais evidência…
Beijo, Luz e Paz!

A Noite Vai Chegar

ANoiteVaiChegar A noite vai chegar
Meu pensamento está tão longe
Eu sei que vou sonhar
Momentos de um mundo distante
A noite vai chegar
Meu pensamento está tão longe
Eu sei que vou sonhar
Momentos de um mundo distante
Em minha vida eu sempre quis ser feliz
Mas o destino é quem diz
o que vai me acontecer
Em minha vida só desejei ter você
Sempre ao meu lado dizendo
Que sem mim não pode viver
A noite vai chegar
Meu pensamento está tão longe
Eu sei que vou sonhar
Momentos de um mundo distante
A noite vai chegar
Meu pensamento está tão longe
Eu sei que vou sonhar
Momentos de um mundo distante
Hey, hey, hey
Já não consigo
Mais esperar tanto assim
Quero que fique comigo
Vou lhe dar tudo de mim
Venha sem medo
Diga o que pensa e o quer
Diga que a vida é mais vida
Se eu for a sua mulher
A noite vai chegar...

Cláudia Teles

Pra toda vida

Pra toda vida Primeiro foi a música
A canção fez você sorrir
E logo a primeira vista
O mundo girou pra mim
E a paixão é a loucura que passa
Como um terromoto
Com o tempo acalma
Mas onde você está
Eu tentei acreditar
Que sem você eu viveria
Mas assim o tempo pára
Cada segundo é um dia
Mas a paixão com o tempo passa
Como vento acalma
E ainda quero saber
Como você está
O que eu sinto
Não é de mentira
E agora tenho certeza
Que é pra toda vida
Pra toda vida
Você é pra toda vida
Com tantos desencontros
Sei que você não me esqueceu
Como seria nossa vida
E tudo aquilo que a gente não viveu
E a paixão é a loucura que passa
Como um terremoto
Com o tempo acalma
O amor chegou pra ficar
O que eu sinto
Não é de mentira
E agora tenho certeza
Que é pra toda vida
Pra toda vida
Você é pra toda vida

Frejat

Love Will Show You Everything

Antes que termine o dia Love Will Show You Everything
O Amor Vai Lhe Mostrar Tudo

Today, today I bet my life
Hoje, hoje apostei minha vida

You have no idea
Você não faz idéia

What I feel inside
Do que sinto por dentro

Don't, be afraid to let it show
Não tenha medo de demonstrar

For you'll never know
Pois nunca saberá

If you let it out
Se não deixar sair

I love you
Eu te amo

You love me
Você me ama

Take this gift and don't ask why
Aceite este presente e não pergunte o porquê

Cause if you will let me
Pois se você me permitir

I'll take what scares you
Vou pegar o que lhe assusta

Hold it deep inside
E guardar lá dentro

And if you ask me why I'm with you
E se me perguntar porque... Estou com você

And why I'll never
E porque nunca lhe deixarei

Leave
Deixe

Love will show you everything
O amor vai lhe mostrar tudo

One day
Um dia,

When youth is just a memory
quando a juventude for só uma memória

I know you'll be standing right next to me
Sei que você estará ao meu lado

I love you
Eu te amo

You love me
Você me ama

Take this gift and don't ask why
Aceite este presente e não pergunte o porquê

Cause if you will let me
Pois se você me permitir...

I'll take what scares you
Vou pegar o que assusta você

Hold it deep inside
E guardar lá dentro

And if you ask me why I'm with you
E se me perguntar porque... Estou com você

And why I'll never
E porque nunca te

Leave
deixarei

My love will show you everything
Meu amor vai lhe mostrar tudo

Filme: Antes que termine o dia

Amor pra Recomeçar

Amor pra Recomeçar
Eu te desejo Não parar tão cedo
Pois toda idade tem Prazer e medo...

E com os que erram Feio e bastante
Que você consiga Ser tolerante...

Quando você ficar triste Que seja por um dia
E não o ano inteiro
E que você descubra Que rir é bom
Mas que rir de tudo É desespero...

Desejo!
Que você tenha a quem amar
E quando estiver bem cansado
Ainda, exista amor Prá recomeçar
Prá recomeçar...

Eu te desejo muitos amigos
Mas que em um Você possa confiar
E que tenha até Inimigos
Prá você não deixar De duvidar...

Quando você ficar triste Que seja por um dia
E não o ano inteiro
E que você descubra Que rir é bom
Mas que rir de tudo É desespero...

Desejo!
Que você tenha a quem amar
E quando estiver bem cansado
Ainda, exista amor Prá recomeçar
Prá recomeçar...

Eu desejo!
Que você ganhe dinheiro
Pois é preciso Viver também
E que você diga a ele Pelo menos uma vez
Quem é mesmo O dono de quem...

Desejo!
Que você tenha a quem amar
E quando estiver bem cansado
Ainda, exista amor Prá recomeçar...
Prá recomeçar...

Invece No

Invece No

Invece No (Agora Não)

Forse bastava respirare  (Talvez bastasse respirar)
Solo respirare un pò (Só respirar um pouco)
Fino a riprendersi a ogni battito (Até recuperar cada batimento)
E non cercare l'attimo (E não olhar para o momento)
Per andar via (De ir embora)
Non andare via (Não vá embora)

Perchè non può essere abitudine (Por que não pode ser um hábito)
Diciembre senza te (Dezembro sem você)
Chi resta qui (Quem permanece aqui)
Spera l'impossibile (Espera o impossível)

Invece no (Mas não)
Non c'è più tempo per spiegare (Não há mais tempo para explicar)
Per chiedere se ti avevo datto amore (Para perguntar se te dei amor)
Io sono qui (Estou aqui)
E avrei da dire ancora (E tenho de dizer ainda)
Ancora (Ainda)

Perchè si spezzano tra i denti (Porque ficam entre os dentes)
Le cose più importanti (As coisas mais importantes)
Quelle parole che non osiamo mai (Aquelas palavras que não usamos nunca)
E faccio un tuffo nel dolore (E faço um mergulho na dor)
Per farle rissalire e riportarle qui (Para traçar-las e trazê-las aqui)
Una per una qui (Uma por uma aqui)

Le senti tu? (As tuas sensações)
Pesano e si posano (Pesam e pousam)
Per sempre su di noi (Pra sempre sobre nós)
E se manchi tu (E se sinto sua falta)
Io non so riperterle (Não sei dizer)
E non riesco a dirle più (E eu não posso te dizer mais)

Invece no (Mas não)
Qui piovono i ricordi (Aqui choram memórias)
Ed io farei di più (E eu teria que fazer mais)
Di ammettere che è tardi (Para admitir que já é tarde)
Come vorrei poter parlare (Como eu gostaria de poder falar)
Ancora ancora (Ainda, ainda,)

Invece no non ho (Mas não não tenho)
più tempo per spiegare (mais tempo para explicar)
Ch avevo anch'io (E eu também tinha)
Io qualcosa da sperare (Alguma esperança)
Davanti a me (A minha frente)
Qualcosa da finire insieme a te (Alguma coisa para acabar junto com você)

Forse mi basta respirare (Talvez me basta respirar)
Solo respirare un pò (Só respirar um pouco)
Forse è tardi (Talvez seja tarde)
Forse invece no (Mas talvez não)

Bella's Lullaby

Bella's Lullaby A vida era como uma noite sem luar
Life was like a moonless night
Envolvida nas estrelas
Shrouded in the stars
A beleza pode ser espantosa
Beauty can be such a fright
Mas agora você está em meus braços
But now you’re in my arms

Você é a minha vida agora
You are my life now
Você não vê?
Can’t you see
Eu cruzaria oceanos
I’d cross oceans
Eu nadaria mares
I’d swim seas
Para ficar com você
To be with you
Isso é suficiente para mim.
That’s enough for me.

Seu rosto é como um veneno
Your face is like a poison
Me intoxica
Intoxicating me
Como podemos viver eternamente
How can we live forever
Quando o nosso amor nunca poderá ser?
When our love can never be.

Bella's Lullaby
Canção de Ninar da Bella

Una Noche (One Night Spanish Version)

The Corrs - Alejandro Sanz

Despues de pensar
Despues de ver
A mi dolor andar
Sobre el agua del mar
Tibia claridad
Que vi por mi calle pasar
Sin saber que hacer
Si sentir o pensar
Si no que aun hoy
Sigo aun, aun hoy
Sigo atandome a ti

Aun hoy
Mi amor
Te doy
Mi cuerpo con alma
Se esconde
Del sol
De noche se escapa
Aun hoy
Te doy
Mi cuerpo con alma
Aun hoy
Aun hay

Que esconde la noche
Va a guardar
Entre nosotros dos
O sentir o pensar
Se me lleno de luz la noche
Es porque yo vi nadar
Delfines en tu voz
Y sentir sin pensar
Solo
Aun hoy sigo aun
Aun hoy sigo amandote a ti

Aun hoy, mi amor
Aun hay
Dos cuerpos con alma
Se esconden del sol
De noche se escapan
De noche se dan
Dos cuerpos, dos almas
Aun hoy
Aun hay

Solo que aun hay sigo a
Aun hoy sigo amandote a ti
Amandote a ti
Aun hoy, mi amor
Aun hay
Dos cuerpos con alma
Se esconden del sol
De noche se escapan
De noche se dan
Los cuerpos, las almas

Aun hoy aun hay
Aun hay...

Amigos em canção...

Canção da América

Amigo é coisa para se guardar
Debaixo de sete chaves
Dentro do coração
Assim falava a canção que na América ouvi
Mas quem cantava chorou
Ao ver o seu amigo partir 

Mas quem ficou, no pensamento voou
Com seu canto que o outro lembrou
E quem voou, no pensamento ficou
Com a lembrança que o outro cantou 

Amigo é coisa para se guardar
No lado esquerdo do peito
Mesmo que o tempo e a distância digam "não"
Mesmo esquecendo a canção
O que importa é ouvir
A voz que vem do coração 

Pois seja o que vier, venha o que vier
Qualquer dia, amigo, eu volto
A te encontrar
Qualquer dia, amigo, a gente vai se encontrar.

Canção Da América
Milton Nascimento

MGMT + Kids = Perturbador!

MGMT - Kids Gente, já viram o clip 'Kids' do MGMT?
É horrível!
Confesso, que não conheço nada do duo, mas eu gosto de passear por lugares ainda não navegados, só pra saber o que rola... Na boa, não gostei nada do que vi. Achei o clip uma violência tremenda, péssimo gosto... e com criança! É o fim!!!

O clipe

Veja mais sobre o que rola em torno dessa música.

Baú de Lembranças

tv antiga Vou começar uma nova categoria que é muito legal - pelo menos pra mim.
Vou falar sobre os anos 80 e 90... os meus anos 80 e 90!!
Quando morávamos todos juntos (pais e irmãos) e a tv era nossa única janela para ver o mundo. Quando sentar no sofá, reunidos, para assistir qualquer coisa, era um programa legal, indispensável e rotineiro... Ahhhh bons tempos!!
Vou falar sobre coisas que sinto saudades: filmes, seriados, musicas, moda... (bem, não tanto. Nunca fui fã de roupas tão coloridas e cabelos com topetes)
Enfim, o que eu curtia e, graças à internet, até hoje revejo.

Pra começar, vou falar do que me deu a idéia de começar: Grupo Dominó! GrupoDominoO grupo surgiu em 1984, e sempre foi considerado como o Menudo brasileiro. Sua primeira formação (na minha opinião, a melhor) contava com Afonso, Nill, Marcelo e Marcos.
MarceloGrupoDominoFizeram hits (P da Vida, Companheiros, Ela Não Gosta de Mim, Manequim...), fizeram filmes (com Os Trapalhões), fizeram parcerias (Balão Mágico, Angélica) e gravaram em outras línguas (espanhol) 
Depois de todo o rebuliço, sumiram do mapa.
Em 1999, voltaram às paradas, com nova formação (dessa vez, sem o Nill) e com a música Maria, que logo virou hit.
O grupo durou apenas um cd (com essa formação), depois cada um tomou seu rumo.
Hoje em dia Nill é pastor, Marcos é empresário, Marcelo até onde eu sei, está careca - aquele cabelinho nunca me enganou! E olha que ele era meu preferido...) e Afonso adotou o sobrenome (Afonso Nigro) e continua cantando (o único que se salvou - sem o trocadilho).

Afonso Nigro E ainda dá um bom caldo!

Depende de nós...

Depende de nos se esse mundo ainda tem jeito,
apesar do que o homem tem feito,
se a vida sobreviverá.
Depende de nós,
quem já foi ou ainda é criança,
que acredita ou tem esperanças,
quem faz tudo para um mundo melhor…

Ivan Lins