Mostrando postagens com marcador Cuide-se. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Cuide-se. Mostrar todas as postagens

Sabonete íntimo é necessário?

Sabonete íntimo é necessário As prateleiras dos supermercados e farmácias estão cheias deles. Inúmeras marcas, diferentes fragrâncias e ganharam até outras versões, como lenços umedecidos e spray. Além de mulheres adultas e adolescentes, os homens também ganharam suas versões.
Mas afinal, qual a necessidade e importância de usar sabonete íntimo?
A diferença está no pH.
Enquanto os sabonetes comuns geralmente tem o pH básico ou neutro (entre 9 e 10), os sabonetes íntimos têm um pH ácido (entre 4 e 4,5) – resultado da composição com ácido láctico –, que mantém o pH vaginal ácido. Essa acidez é necessária para manter vivos os microorganismos e lactobacilos que vivem nessa região e têm como função proteger a mulher de possíveis infecções.
Alguns médicos defendem e indicam sabonetes íntimos, outros abominam e outros ficam no meio termo: se não fizer mal, tudo bem, mas com certo ceticismo sobre a sua real utilidade.
A vagina não necessita de um sabonete especial, mas a vulva – que é a parte externa dos órgãos genitais - sim, precisa de cuidados especiais.
A higiene íntima é necessária e deve ser feita uma vez ao dia, principalmente após as evacuações.
E só pra lembrar (embora eu pense que não seja nem preciso… espero):
 
Ela deve ser feita sempre da frente para trás. 

“Devem-se usar medidas corretas como a lavagem, após as evacuações, e, na impossibilidade da mesma, fazer a limpeza com lenços umedecidos. A mulher que não pratica a higiene íntima pode ter mais infecções urinárias, alergias, vaginites e pruridos. Vale lembrar que, nesta região, não se deve utilizar perfumes ou talcos”, afirma Angela Maggio Fonseca, professora da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (FMUSP) e coordenadora do Programa de Pós-Graduação de Obstetrícia e Ginecologia FMUSP.
Assim como o nosso corpo, a vulva também está propensa a sofrer o ressecamento. Este quadro pode desencadear uma coceira na região. “Para estas mulheres, estes sabonetes podem ajudar, pois possuem menos ação detergente que os comuns e ainda incluem composição hidratante. Embora eu não conheça nenhum estudo científico que comprove a sua eficácia em alguns pontos prometidos, se o produto traz o conforto à mulher – afastando esta coceira – ele pode ser usado sem problema”, avalia Rosana Simões, professora-doutora da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp).
Mas há que se deixar um alerta: a região genital feminina é muito mais sensível aos alérgenos e estes produtos não estão isentos de causar irritação, mesmo tendo sido formulados especificamente para uso local. “E mesmo com os sabonetes e loções indicados, deve-se orientar a mulher para que a limpeza seja realizada superficialmente. As lavagens devem ser feitas só externamente, para não alterar o pH vaginal”, enfatiza a professora Angela. 

Dicas para Saúde Íntima

- Não depile totalmente as regiões da vulva e do ânus para não deixa-las sensíveis.
- Lavar a região genital depois de evacuar e antes e depois de ter relações sexuais.
- Não usar absorventes diariamente, a não ser durante o período menstrual.
- Lavagens internas devem ser evitadas pois prejudicam a defesa natural da região.
- Prefira usar calcinhas de algodão para a região genital respirar.
- Evite o uso de calças jeans justas.
- Sempre que possível durma sem calcinha.
Fonte: boaforma.abril.com.br/blogdamulher.com/

Abrindo a nécessaire: Validade dos cosméticos

Abrindo a nécessaire Mulher não vive sem cosméticos, isso é fato. 
Outra verdade é que, hoje em dia, cuidar da aparência não é luxo, mas uma necessidade, tão essencial quanto a roupa que usamos. Seja para o trabalho, para agradar a si mesma ou ao companheiro, estamos sempre procurando formas de melhorar nossa cútis!
Você sabia: Elizabeth-Taylor-Cleopatra
Os primeiros registros de uso de maquiagem vem do Egito Antigo: faraós pintavam os olhos e misturavam metais pesados para colorir as pálpebras.
Ícone da beleza, Cleópatra pintava os olhos com pó de khol (ou kajal, como é conhecido) - popularmente usado como "protetor" contra doenças e até inveja.
A famosa rainha ainda tomava banho de leite e fazia máscara de argila para o rosto. Na Roma Antiga, mulheres usavam máscara de farinha, miolo de pão e leite durante a noite sobre o rosto para dar um trato na pele.
                                                                         Fonte: Bolsa de Mulher
Agora, quero falar sobre algo mais importante do que ficarmos glamorosas dia e noite!
Se existe isso? Sim, miga, existe e temos que ficar super atentas…
Prazo de validade dos cosméticos nossos de cada dia.


Eu sei como é difícil encontrarmos a cor, a tonalidade ideal, aquele efeito maravilhoso… Quem não tem um batom de estimação?
Você usa pouco pra não acabar ou tanto que já virou sua marca registrada.
E quando você vai comprar outro, da mesma marca e cor, não fica do mesmo jeito que o antigo ficava… Já aconteceu comigo.
Infelizmente esse batom maravilhoso e outros produtos da nossa nécessaire tem um tempo de vida útil.

  makeup
Temos que ficar de olho no prazo de validade e manter tudo em um lugar seco!
Anote aí:
  • Delineador
    Os líquidos devem ser substituídos de três a quatro meses. De lápis a cada dois anos.
  • Sombra, blush e pó compacto 
    Quando guardados longe da umidade, vale por três anos também.  
  • Batom e gloss Após dois anos, jogue-os fora. Mesmo que ainda estejam novos. Depende do corante, do conservante e se tem ou não hidratante. Batons de longa duração geralmente tem uma validade mais curta. Eles contêm ingredientes, diferentes dos produtos tradicionais, evaporam mais rápido. make.

  • Lápis de boca ou de olhos Por cerca de três anos.
  • Máscara para cílios Dura pouquíssimo. E deve ser substituído após quatro meses. Quando a máscara seca ou fica grudenta, vira um ótimo meio para bactérias e foco de problemas nos olhos, como coceira e alergia. Também não pense em lavar o pincel e reutilizá-lo.
  • Esmalte O esmalte tem vida útil de um ano com a conservação adequada. Depois de cerca de nove meses a cor começa a mudar ou se separar. É aí que você deve parar de usar e comprar um novo.
  • Protetor solar Apesar da data de validade no rótulo, é bom parar de usar o protetor solar após um ano depois de aberto 
  • Creme facial Um ano é o tempo de vida útil de um creme facial. Os dedos podem levar bactérias para o creme que fica em um potinho, então deixe de usá-lo de seis a nove meses depois de aberto. Em embalagens em que o creme não fica em contato com os dedos, um ano. Feche bem a embalagem, caso contrário, eles se tornam mais concentrados e podem causar irritação.
  • Perfume Depois de aberto, um perfume dura, em média, dois anos. Cada jato do líquido faz com que mais ar entre no frasco, o que causa oxidação e, inclusive, muda o perfume. Embora ainda dê para usá-lo.   
Cuidado especial Produtos que contêm água são favoráveis à proliferação de bactérias e podem causar infecções.

Pele oleosa e maquiagem

peleoleosa5 Oi, gente!
Já falei de como controlar a oleosidade da pele e hoje quero mostrar uma reportagem bacana que encontrei na Mulher GNT sobre quais produtos devem ou não ser usados na maquiagem.
No recém-lançado "Pequeno livro de maquiagem - Guia para toda hora" (Editora Verus), a maquiadora Paula Espelho dá dicas de beleza para quem tem a pele oleosa.
Este tipo de pele deixa a cútis espessa, com oleosidade em quase todo o rosto. Os poros bem visíveis, há transpiração excessiva e tendência a acne.
  • Vantagens da pele oleosa
- A produção abundante de óleo retarda o envelhecimento
- A pele é mais resistente a agressões externas (sol, vento etc)
  • Contrapontos da pele oleosa
- Quando surgem, as linhas de expressão são muito mais profundas que as de outros tipos de pele, tornando quase impossível reverter o quadro com tratamentos atenuantes
- A maquiagem dura menos, por causa da oleosidade excessiva
Dicas de maquiagem para pele oleosa Dicas_maquiagem6
Por ser uma pele com brilho excessivo, deve-se evitar maquiagem com efeito  brilhante. Ao contrário, os produtos utilizados sobre a pele oleosa devem ter efeito matte, opaco, e devem ser livres de óleo. Os únicos itens liberados para ter brilho são o gloss e o batom. Confira abaixo as dicas de Paula Espelho:
• Existem muitos produtos oil free (livres de óleo), anti-shine (antibrilho) e reguladores da oleosidade, além de lencinhos absorventes de oleosidade que ajudam a resolver o problema por até oito horas
• Produtos oil free sempre, tanto na maquiagem quanto na hidratação 
• Lance mão dos sprays fixadores e primers, que ajudam na durabilidade da maquiagem
• Os produtos de higiene facial devem ser específicos para seu tipo de pele, para não causar efeito rebote, agravando ainda mais o problema
• Evite sombras e blushes líquidos ou cremosos
• Produtos como máscara de cílios, lápis para contorno dos olhos e delineador devem ser à prova d’água, pois a oleosidade da pele remove com facilidade a maquiagem
• Evite maquiagem com efeito de luminosidade no rosto
• Fazer uma limpeza de pele uma vez ao mês é uma boa pedida para remover cravos, espinhas, células mortas e outras impurezas
• Experimente os produtos minerais. Eles são livres de ativos alergênicos e não prejudicam a pele. Esse tipo de cosmético não possui conservantes, óleos, corantes, fragrâncias e outras substâncias que causam irritações e dá efeito matte por mais tempo
Fixadores de maquiagem são boa opção
Paula Espelho indica os fixadores de maquiagem como um bom recurso para aumentar a dicas_maquiagem7durabilidade da maquiagem na pele oleosa. Veja abaixo as diversas opções de texturas que o mercado oferece:
Creme Deve ser utilizado depois do hidratante e antes da base. Use os dedos, do mesmo modo que se passa o hidratante, e  finalize com leves batidinhas até completa absorção, ou passe com pincel de base.
Pó  Usado para finalizar a maquiagem. Por ser translúcido, não altera a cor da pele. Aplique com a ajuda de um pincel de pó.
Líquido em spray Após a higienização e hidratação da pele, agite a embalagem, feche os olhos e aplique o spray a 25cm do rosto. Aguarde um minuto e faça toda a maquiagem. Reaplique novamente no fim.
Para levar na bolsa
• Base com textura mais seca, como aquela em bastão ou pó mineral   necessarie Das
• Corretivo com textura mais seca
• Rímel, lápis para contorno dos olhos e delineador à prova d'água
• Sombras e blushes compactos e com efeito matte

Conheça os inúmeros benefícios de sorrir

beneficios-do-sorrisoVocê tem percebido o quanto as pessoas andam estressadas, irritadas, impacientes… às vezes até descontroladas?
Eu sei que a vida não tá fácil pra ninguém, mas será que viver com tanta energia negativa acumulada é a melhor forma de encarar os obstáculos da vida?
Sorrir para a vida e até para os problemas pode não ajudar a pagar as contas, mas com certeza ajuda a levar a vida sem uma preocupação a mais: Doenças!
Quer ver?
Olha só:

Coração  O riso pode reduzir o risco de doenças cardíacasjust-smile

Colesterol e diabetes Dar boas risadas pode aumentar os níveis de colesterol bom no sangue

Pressão arterial Rir diminui a pressão arterial, enquanto o estressa a aumenta.


Pulmões laughter_gargalhadaQuando damos uma boa gargalhada, a absorção de oxigênio pelos pulmões aumenta. Inalamos mais ar e, com isso, a expiração também fica mais forte. Ou seja, rir limpa os seus pulmões e ainda os deixa mais fortes!


Digestão Os músculos que são mais estimulados quando rimos são os abdominais. Esses movimentos fazem uma espécie de massagem em nosso sistema gastrointestinal, melhorando a digestão.

Circulação do sangue O ritmo cardíaco acelera quando começamos a rir. Os batimentos podem atingir até 120 pulsações por minuto, em comparação com as 70 pulsações por minuto quando estamos em repouso. Isso faz com que nosso organismo funcione a todo vapor!

Estresse e sistema imunológico Laughing-Women-1Durante uma sessão de gargalhadas, os níveis de cortisol e adrenalina - hormônios do estresse - baixam. Além disso, nosso cérebro passa a produzir endorfina, hormônio que nos deixa relaxado.
Isso faz com que o corpo consiga produzir mais células de defesa, que ficam mais ativas, fortalecendo o sistema imunológico e blindando o organismo contra doenças.
As células que ganham vantagem na produção - quando os níveis de estresse abaixam - são os linfócitos B, responsáveis pela produção de anticorpos; os linfócitos T, que são verdadeiros rastreadores de vírus e bactérias; a imunoglobina A, um anticorpo essencial no combate às infecções respiratórias; e as células NK, que são destruidoras de células cancerígenas.

Combate as rugas Ao dar boas risadas, nós movimentamos 12 músculos faciais e, ao dar gargalhadas, movimentamos 24 desses músculos. Quando conversamos e gargalhamos ao mesmo tempo, então, são 84 músculos. Todo esse exercício facial estica a pele, retardando o aparecimento de rugas. 

Exercício físico para os idosos smile-linesDe acordo com uma pesquisa feita pela equipe da Universidade de Loma Linda, uma gargalhada é tão saudável quanto a prática de exercícios físicos. Isso porque ela estimula a circulação, produz endorfina e também movimenta nossos músculos, não só do abdômen, mas das pernas, braços e pés.
Os pesquisadores afirmaram que o riso pode ser a chave para a saúde de idosos que não conseguem praticar atividades físicas.

Autoestima O sorriso melhora o bom humor, eleva a autoestima te deixa mais seguro. A Terapia do Riso nos hospitais é capaz levantar o alto astral do paciente e diminuir o sofrimento da internação, deixando-o mais confiante.
O sorriso traz uma série de sensações agradáveis e ajuda a eliminar sensações negativas, como tristeza e, até mesmo, depressão.

smile-sorrisoSorrir é contagioso! Além de trazer todos esses benefícios a nossa saúde, o sorriso ainda é capaz de nos aproximar das pessoas conhecidas e aumentar as chances de fazer novas amizades. Afinal, ele não deixa de ser uma forma de comunicação.
Sorrir faz parte das relações sociais e compartilhá-lo faz bem a você a ao próximo!".

:(: Você decide
Original: Minha Vida
Bjinhos e até a próxima! o/
Dani

Pipoca - É divertida, é gostosa e faz bem!

Pipoca-e-divertida-e-gostosa-e-faz-bemOi, gente!
No mês das crianças resolvi falar de um alimento que dez entre  dez pequenos amam – e possivelmente a mesma proporção de adultos também! rsrsrs – afinal quem não gosta de pipoca?
Tudo bem, você pode até não amar loucamente, mas que o cheirinho é irresistível e todo mundo acaba “roubando” uma ou outra… ah isso é verdade.
Por conta disso, resolvi pesquisar sobre a pipoca e descobri – feliz – que além de ser gostosa e divertida, ela faz um bem danado para o organismo.

No quesito fibras, o milho integral, que dá origem à pipoca, é imbatível. Larga na frente até mesmo de frutas e verduras, famosas por esbanjarem a substância. 
A guloseima oferece outra vantagem: contribui para adiar o envelhecimento, segundo estudo da Universidade de Scranton, na Pensilvânia, Estados Unidos.
Rica em polifenóis, antioxidantes concentrados principalmente na casquinha, a pipoca neutraliza os danos dos radicais livres.
Para efeito de comparação, uma porção tem até 360 miligramas de polifenóis. Já a mesma quantidade de frutas apresenta 160 miligramas. Claro que nem por isso você deve trocar uma opção pela outra. Mesmo porque ainda não está comprovado quanto dos antioxidantes da pipoca o organismo é capaz de absorver.

  • Por partes
Na casca da pipoca estão doses generosas de fibras, substâncias que contribuem para a formação do bolo fecal. O melhor é que o papel das fibras não fica restrito a dar um empurrão ao funcionamento do intestino. Elas também são reverenciadas por tornar a digestão mais lenta, prolongando, assim, a sensação de barriga forrada - uma vantagem e tanto para quem quer derrubar o ponteiro da balança.
 
Já na parte fofa e geralmente branca dessa pequena notável fica guardado outro aliado do organismo: o amido resistente. Ele passa praticamente intacto pelo aparelho digestivo, só no intestino grosso é que micro-organismos da flora o transformam em ácidos graxos de cadeia curta. Ele deixa a área mais ácida, favorecendo a proteção contra células cancerosas. Por isso, o consumo de amido resistente tem sido associado à redução do risco de tumores no órgão.

pipoca
Com todos esses benefícios, a pipoca pode ser consumida em um lanche da tarde e no lugar dos salgadinhos de pacote, mas é importante não exagerar na quantidade de sal que colocará na pipoca. Uma quantidade boa de pipoca para consumir é uma xícara de chá, que tem aproximadamente 55 calorias
Comparada com a pipoca caseira, feita só com um fiozinho de óleo, a tradicional de microondas é bem mais calórica.

Veja abaixo uma tabela com as principais diferenças entre os tipos de pipoca:
C3luEbu Você também ficou feliz com essas informações? rsrs
Isso quer dizer que podemos comer pipoca sem peso na consciência. Só na medida, é claro! Smiley piscando

Bjinhos e até a próxima! o/
Dani

Fontes de pesquisa: Boa Forma,
MdeMulher, Mais Equilíbrio,