Sobre ser mãe - parte 1

sobre-ser-maeOi, gente!
Então, quase 3 meses depois que falei a vocês que minha licença maternidade tinha acabado e eu estava de volta… novamente venho dizer que não está fácil! rsrsrsrs
Sim, eu sei, ninguém falou que ser mãe é fácil, não é? Só dizem que vale à pena… Quanto a isso não tenho nenhuma dúvida, pelo contrário: vale muito, vale tudo.
Sim, ser mãe é uma dádiva… O problema são as outras funções: dona de casa, esposa, blogueira… Notaram que nem falei dos meus trabalhos artesanais, que não faço desde o início da gravidez?
Pois é, preciso mudar isso com urgência. Minha filha não veio pra dividir minha vida, veio pra acrescentar, completar, tornar maravilhoso o que já era ótimo.

Sobre ser mãe!
Sabem, uma gravidez é muito pouco tempo de preparação para o que acontece a seguir. Quando teu bebê te olha nos olhos a ligação que vocês já tinham durante todos aqueles meses consolida-se de tal forma que você fica sem ar, complemente entregue.
Naquele instante em que minha fadinha parou de chorar, abriu os olhos e me encarou… acho que foram os 5 segundos (creio) mais longos pelos quais já passei! Minha vida inteira se resumiu àquele momento. O que eu conhecia de mim e da vida tinha ficado pra trás. Eu não era mais apenas filha… definitivamente eu havia me tornado mãe!
E quando você pensa que ser mãe já é uma dádiva… chega a hora de amamentar seu bebê! Então vocês se tornam um só.
amamentar
No meio da mamada, ela para e me olha diretamente nos olhos.
Costumo dizer que fui laçada, não tenho como sair – e nem quero!
Aqueles olhinhos dizem tanto, enxergam tudo, minha alma é um livro aberto.
Então ela sorri. Um sorriso banguela de um canto só da boca, o suficiente pra eu ver a covinha. Depois o sorriso se abre na boca toda e eu fico aprisionada.
Às vezes junto com o sorriso os olhinhos enchem d’água. Não é choro, parece emoção.
É como se ela entendesse aquele momento, compreendesse, aceitasse e retribuísse o meu amor… e eu me sinto tão amada! Como resistir? Como não se emocionar?
Aí ela fecha os olhos e continua mamando!
E tem as madrugadas! ninar
Então eu comecei a entender aquela frase “Ser mãe é padecer no paraíso”
Dormir uma noite inteira? Isso não me pertence mais, minha amiga! rsrsrsrs
Pra falar a verdade, “dormir” é uma palavra muito forte, substitua por “cochilar”.  E mesmo quando você não é acordada pelo choro ou resmungos, o instinto te desperta pra ver se tá tudo em ordem.
Por várias vezes, meu cansaço é tanto que sinto que vou entregar os pontos (desabar, dormir em pé, chorar…), mas aí ela sorri e isso me recarrega.
Pronto, posso ficar até de manhã – como já aconteceu várias vezes! rsrsrs
Todos os dias acontece algo novo: uma expressão, um gesto, um sorriso, uma gracinha, uma sílaba… O desenvolvimento acontece a olhos vistos, chega a ser impressionante! Olha a mãe coruja falando! rsrsrsrs Mas é a mais pura verdade, gente! E como não poderia ser diferente, tudo é um motivo para nós (o maridão e eu) ficarmos mais e mais apaixonados.
Cada minuto é único, emocionante e tenho aproveitado todos os momentos da melhor forma possível.
Tamires está fazendo 6 meses hoje!
Minha pequena está enorme, gorduchinha, lindinha, risonha, com saúde… Um milagre que agradeço a Deus todos os dias por ter sido escolhida pra ser mãe dela.

Fico feliz em compartilhar esse momento com vocês… é muito amor envolvido! rsrs
Até a próxima!

Compartilhe

Acho que você vai gostar

Este espaço é todo seu!
Deixe suas sugestões, dicas, críticas... Elas irão me ajudar a melhorar!
Por favor, não xingue ou envie links de propaganda ou site, eles não serão publicados!!!!!
Obrigada e volte sempre!!
Beijo e paz! \o/
Das Emoticon Emoticon