Computador não precisa rimar com dor

Computador-DorTensão nos ombros e pescoço, olhos ressecados, visão cansada, pernas inchadas, coluna detonada…
Se você reconhece esses sintomas sabe bem do que estou falando e nesse caso computador combina com dor, mas não deveria!
Passar muito tempo em frente ao computador (estudando, trabalhando ou por diversão) pode nos trazer uma série de problemas dolorosos que às vezes até prejudicam nosso desempenho nas tarefas que realizamos. 

 

Hora de acabar com esse sofrimento

 

As recomendações são simples, mas eficazes:

  • Pisque! olhos piscando
    Após horas de trabalho, o piscar reflexo diminui, sem que a pessoa perceba. Assim, ocorre uma rápida evaporação do filme lacrimal, uma fina camada de água que recobre os olhos. A córnea, então, fica seca. Daí, o olho pode ficar irritado, já que há menos proteção. Qualquer partícula de poeira causa incômodo e a visão pode ficar embaçada.
    Em atividades normais, os olhos piscam, em média, 22 vezes por minuto, enquanto que, quando estão em atividade de leitura, piscam de 12 a 15 vezes por minuto. Quando se está diante da tela do computador, essa frequência pode abaixar até para cinco vezes por minuto.
    Durante o trabalho, coloque um lembrete, como, por exemplo, "piscar" em algum cantinho do monitor. Assim você estará se policiando e piscando mais vezes, evitando o "olho seco". 
  • Luz adequada
    Para ler as informações na tela, a gente sem se dar conta, faz um grande esforço. Depois de horas e horas de leitura, os músculos que sustentam o cristalino, lente responsável por focar o que vemos, entram em fadiga, deixando a visão turva e desfocada. Luz de mais ou de menos também contribui para o desconforto, porque a pupila tem de se fechar ou se abrir mais para controlar a passagem dos raios luminosos
  • Pare um pouco! 
    A cada 50 ou 60 minutos dê uma parada por dez minutos. Aproveite esse tempo para esticar as pernas, fazer ligeiros alongamentos dos braços, do pescoço e do tronco. 
    Olhe para um local distante, através de uma janela por exemplo. Assim a musculatura ocular também poderá trabalhar, evitando a fadiga dos olhos.
  • Monitores: Escolha o melhor!
    Os monitores mais antigos, chamados de CRT (sigla em inglês para tubo de raios catódicos), são prejudiciais à visão devido à sua baixa frequência. Por conta disso o olho não consegue descansar, pois a taxa de atualização das imagens fica abaixo da ideal e seus olhos percebem esse problema, causando dores de cabeça e até dor nos próprios globos oculares.
    Já o LCD possui um funcionamento totalmente diferente. Ao contrário da CRT, que emite constantemente as imagens por meio do tubo, as cenas exibidas em sua tela permanecem estáticas e são percebidas graças a uma lâmpada fluorescente com uma frequência mais próxima da ideal para o olho humano existente no interior do aparelho.
  • Sente-se direito!  Posicao-adequada-em-frente-ao-computador
    A cadeira é onde a atenção deve começar. Você deve buscar a posição mais neutra possível, procurando aliviar a pressão nos discos intervertebrais.
    Algumas cadeiras contam com um apoio lombar, o qual deve ser utilizado para firmar a coluna. Mantenha a região lombar sempre apoiada no encosto da cadeira ou em um suporte para as costas.
    Caso sua cadeira não tenha o apoio, é possível improvisar. Um cobertor enrolado, por exemplo, pode ser posicionado na altura da região lombar.
    Seu pescoço e cabeça devem estar sempre eretos, seus ombros relaxados e sua linha de visão deve estar alinhada com topo/centro da tela do monitor a uma distância de 45 cm a 65 cm (mais ou menos um braço).
    O ideal é que o monitor esteja na mesma altura dos olhos, pois assim a cabeça não é forçada a se curvar para ter a melhor visão.
    Os cotovelos devem ser mantidos sempre junto ao corpo, ou seja, nem projetados para frente (braços esticados) e nem em posição de voo (cotovelos erguidos). Alinhe seus antebraços em um ângulo entre 100 e 110 graus com o teclado.
    Quando as pernas estão muito dobradas, o fluxo sanguíneo é comprometido e dificulta a irrigação, fazendo com que o coração seja forçado a bater mais rapidamente. Logo, o ideal é manter a perna levemente esticada, e é melhor ainda utilizar um apoio de pernas para melhorar a circulação. anime-girl-computer (1)
  • Laptops também! - para não acarretar problemas visuais e posturais, o computador portátil deve ser utilizado da mesma maneira que os computadores fixos de mesa.
    Nada de computador no colo, na cama ou na mesa de cabeceira.

Pois é, sei como é difícil resistir à simplicidade de se jogar na cadeira e ficar de qualquer jeito, mas também conheço muito bem as consequências desse gesto vicioso: dores!
Dores fortíssimas nos ombros, nas costas, nos braços, nas pernas, aquela sensação de queimação terrível, muito cansaço, lesões… Ufa! Chega, né?
Seguir regras de um modo geral é complicado, mas quando a gente sabe o jeito certo e os benefícios que obtemos é mais fácil nos policiarmos.
O nosso corpo agradece!

Fontes de pesquisa: Minha Vida,
Tecmundo +1, Revista Saúde, G1

Beijo e até a próxima… sem dores, espero!

Dani

Compartilhe

Acho que você vai gostar

Este espaço é todo seu!
Deixe suas sugestões, dicas, críticas... Elas irão me ajudar a melhorar!
Por favor, não xingue ou envie links de propaganda ou site, eles não serão publicados!!!!!
Obrigada e volte sempre!!
Beijo e paz! \o/
Das Emoticon Emoticon