Síndrome do Pânico?

Talvez não seja pra tanto - quem sou eu pra falar sobre isso? -, mas por um momento pensei nisso. Aquela auto-análise que todo mundo faz de si mesmo e das situações que vive.
Depois do que aconteceu comigo, passei - e ainda passo - por sensações estranhas no meu dia a dia.
Pegar um ônibus, andar pelas ruas (...) será, por um tempo, um desafio pra mim.
Ando com medo das pessoas!
Sinto pavor, taquicardia, ansiedade, angústia, uma vontade imensa de chorar - e choro! -, de sair correndo... Quero ficar longe de todos, de possíveis situações que 'vejo' se criarem.
Pra mim, todo mundo que se aproxima de mim quer me roubar, quer me fazer mal, quer me falar coisas ruins... Deus!
Às vezes percebo que meu comportamento talvez faça com que as pessoas pensem algo parecido de mim, que sou louca ou algo parecido... o que as fazem me olharem tanto... sei lá!
Só sei que é horrível a sensação!
Outro dia desci do ônibus antes da minha parada porque eu 'tinha certeza' de que dois caras, que subiram, iriam me assaltar! Peguei outro ônibus, a 10 minutos de onde desço normalmente.
Cheguei no serviço um trapo e desabei em lágrimas!
Sei que é só um período 'pós-roubo', já passei por isso antes - ou quase, da outra vez não havia uma faca na história! - e que é só esperar... esperar... esperar passar!
Até lá, o jeito é tentar parar de me concentrar nas pessoas ao meu redor e me esforçar pra me concentrar no livro que estou lendo.

Se bem que eu estava concentrada nele, quando fui assaltada!
¬¬
Então vou tentar me concentrar em não morrer, pela falta de ar que sinto nesses momentos!

Compartilhe

Acho que você vai gostar

Este espaço é todo seu!
Deixe suas sugestões, dicas, críticas... Elas irão me ajudar a melhorar!
Por favor, não xingue ou envie links de propaganda ou site, eles não serão publicados!!!!!
Obrigada e volte sempre!!
Beijo e paz! \o/
Das Emoticon Emoticon