Um olhar a mais


O sinal fecha.
Enquando espero, dou uma olhada ao redor, pra ver o que acontece.
Do meu lado pára um táxi, até aí, nada de mais. Então vejo o banco detrás, onde tem uma garota e ela tem lágrimas nos olhos. Parecia tão pequena, vazia e só no interior daquele carro.
Aquela cena me comoveu de uma maneira tão forte, que fiquei pensando no que poderia ter acontecido com aquela desconhecida.
Eram lágrimas pelo que? Ou quem?
De felicidade não eram, pois o que seus olhos demonstravam era sofrimento.
Volto meus olhos para o motorista, mas ele parece completamente alheio ao que acontece atrás.
O sinal abre, mas à frente o trânsito pára novamente.
Desta vez, a vejo limpando uma lágrima. O olhar continua perdido.


Às vezes quando estou no ônibus, no supermercado ou na fila do banco... fico olhando as pessoas e imagino o que elas podem estar pensando. No redemoinho de emoções que passa por suas mentes naquele momento. Algumas param mais que o necessário pra escolher algum produto e você percebe que elas 'não estão ali' realmente, outras com fones nos ouvidos (parecendo fugir da realidade), outras lendo (vivendo outras vidas)... e outras simplesmente olhando pro nada!
Às vezes estou feliz e vejo pessoas parecendo tristes, cansadas. E às vezes é o contrário! Um contraste louco e rotineiro.
O olhar diz tanto sobre as pessoas e o momento que estão vivendo!
Você já tentou olhar nos olhos de algum desconhecido por alguns segundos?
Às vezes eu faço isso. E o que recebo em troca é tão revelador.
Alguns olhares expressam curiosidade (será que é igual à minha?), outros se fecham, outros desviam e outros entendem como um convite pra um sorriso, uma conversa de cinco minutos antes da próxima parada ou da sua vez no caixa.
E tem aqueles que necessitam desse olhar, desse sorriso, dessa conversa... talvez querendo fugir do seu mundo triste, nem que seja por pouco tempo.
Às vezes é tão fácil melhorar a vida de alguém. Você pode pensar que não é grande coisa, mas, em alguns casos, esse pouco é muito importante pra quem recebe.

Sobre aquela desconhecida infelizmente não sei dizer mais nada. Nossos caminhos tornaram-se diferentes.
Só espero que suas lágrimas sejam passageiras e os motivos não sejam tão sérios.

Compartilhe

Acho que você vai gostar

2 pessoas comentaram

Write pessoas comentaram
9.6.09 delete

É, amiga, você fez uma bela reflexão. Eu já me peguei várias vezes olhando para desconhecidos e tentando adivinhar o que eles estavam pensando. Alguns encaram, outros desviam o olhar, os mais tímidos baixam a cabeça... Enfim, são inúmeras as reações. Já sobre a garotinha, fico imaginando que ela estava perdida no próprio mundo dela, talvez um mundo triste e sombrio, sem carinho dos pais, sem amigos... e isso é devastador na alma de uma pessoa.

Belo post!

Beijos,

André

Reply
avatar
9.6.09 delete

Oi, André!
Eu acho mágico isso, sabe?
Essa troca de informações silenciosa, obviamente quando uma das partes permite... Quer!
Acho que as pessoas deixaram de se olhar nos olhos... elas se cruzam dia-a-dia, mas não se veem.
Sei que deve ser difícil, as coisas andam tão complicadas, mas essa parada é necessária... quase vital na vida de qualquer um.

Valeu pelo comentário!!

Beijão,
Dani

Reply
avatar

Este espaço é todo seu!
Deixe suas sugestões, dicas, críticas... Elas irão me ajudar a melhorar!
Por favor, não xingue ou envie links de propaganda ou site, eles não serão publicados!!!!!
Obrigada e volte sempre!!
Beijo e paz! \o/
Das Emoticon Emoticon